Sérgio Pires 02/07/2016

E AINDA VÃO ENTREGAR O PRÉDIO DO INSS COM MUITO DISCURSO!!

A gente está tão acostumada a ser maltratada pelo poder público, que mesmo depois de um serviço que parecia nunca mais acabar, quando vemos que ele está prestes, finalmente, a ficar pronto, acabamos até querendo comemorar. Claro que se algumas de nossas autoridades tivessem um pingo de vergonha na cara não fariam festa, na entrega de  obras que demoram anos a ficarem prontas. Se desculpariam...O caso do prédio do INSS, na esquina da Jorge Teixeira com a Migrantes (foto), em Porto Velho, é típico. Iniciada há mais de sete anos, uma pequena reforma acabou se transformando num serviço que se arrasta até agora. Finalmente, ao que tudo indica (e se não houver nenhuma daquelas surpresas desagradáveis,comuns durante os quase 85 meses em que o trabalho se arrastou, em algumas semanas o prédio estará abrindo suas portas. Nesse período todo, os usuários do sistema tiveram que andar pela cidade, atrás de prédios alugados, todos sempre superlotados, sem condições mínimas de bom atendimento, sofrendo ainda mais do que já sofrem os que precisam de atendimento. Enquanto isso, pelas tradicionais condições em que obras desse tipo nunca andam (empresas que abandonaram o trabalho; falta de recursos; suspeitas disso e daquilo; relaxamento, incompetência, falta de vergonha), o prédio do INSS, que deveria ter sido reformado em poucos meses, se arrastou por todo esse período.

É essa uma das vergonhas que temos que combater: obras públicas tratadas com desdém. Quando pela metade ou faltando muito ainda, políticos – ainda mais em ano eleitoral  - correm para fazer inaugurações nas coxas, quando deveriam ser multados por enganar a população. Em breve, vai sair o anúncio da pomposa inauguração do prédio do INSS. Ninguém deveria ir, para demonstrar a indignação do povo com esse tipo de golpe duplo: um pelo atraso e outro pela falta de vergonha em discursar numa obra que já deveria ter sido entregue há anos. Mas, aqui é Brasil, não é?

 

 

INÍCIO DA BATALHA

Ufa! Até que enfim começou a esquentar a disputa pela Prefeitura de Porto Velho. E a primeira briga envolve o PDSB de Mauro Nazif e o PMDB de Williames Pimentel. A turmna do prefeito entrou na Justiça Eleitoral com queixa contra Pimentel, que estaria fazendo propaganda eleitoral antecipada. O PMDB nega e garante que tudo está sendo feito dentro da lei. Pimentel só tem usado as redes sociais para postar comentários e fotos, enquanto os socialistas garantem que  há claro exagero nas postagens e que tudo caracterizaria claramente a propaganda antes do prazo legal. O assunto ainda não foi definido pelo TR E,. mas, obviamente, é o primeiro sinal claro do que será a campanha daqui para a frente. E olha que ela ainda está longe de começar...

 

AELCIO NAS PESQUISAS

Dentro do mesmo assunto. Uma série de pesquisas que está sendo reralizada pode mudar a decisão de um partido em relação à eleição municipal. E há outro caso em que o nome do possível pretendente já havia sido descartado (por ele mesmo), mas poderá voltar à ribalta, caso ouça os apelos de seus companheiros, Um dos casos envolve o deputado estadual Aelcio da TV. Ele tem sido citado com insistência por seus companheiros como alguém que deveria rever sua decisão de não entrar na briga pela sucessão de Mauro Nazif. Por enquanto, está valendo o que foi combinado antes: por enquanto, Aelcio está fora. Daqui para a frente, não se sabe do jeito que as coisas vão andar...

 

ABAIXO À CENSURA

A ação de alguns magistrados e membros do Ministério Público do Paraná, numa clara tentativa de intimidar jornalistas do jornal Gazeta do Povo, que publicaram seus salários (é fato público, portanto sem nada a ver com qualquer tipo de informação ilegal), foi considerada fora de propósito pela Ministra Rosa Weber, do Supremo. Ela considerou abusivo o fato dos cinco jornalistas denunciados terem que viajar a 40 cidades, para responder a cada uma das ações individuais. Agora, o caso deve ficar nas mãos do STF ou da Justiça Federal do Paraná. Mais uma vez, parte de autoridades que deveriam lutar pela defesa constitucional do direito à informação, tentam impor a censura no Brasil. Mais uma vez perderam. Mas, certamente, continuarão tentando.

 

O BANDIDÃO E A LEI

O pistoleiro Zildo Cavalcante jpa matou mais de 100 pessoas em Rondônia e Acre. Não é exagero. É verdade. Foi condenado em Ariquemes, no Tribunal do Júri, a mais 20 anos de cadeia. Como o julgamento é em primeira instância, ele poderia ter saído pela porta da frente do Fórum, caso fosse seguida à risca a vergonhosa lei brasileira que incentiva, apoia, facilita e abre as portas para a violência e para o assassinato. Sorte que um magistrado que se mostrou preocupado com a coletividade teve o bom sendo de decidir mantê-lo presos, antes que ele mate mais uns 100. O que arrepia a gente é que se fosse seguir a letra fria da criminosa legislação aprovada por nossos parlamentares., o bandidão estaria a essas horas livre, leve e solto. Inacreditável!

 

OTÁRIOS A POSTOS

O Conselho Nacional de Trânsito inventou mais uma, entre tantas invencionices que não resultaram em nada (alguém aí lembra Dio Kit de primeiros socorros, só para citar uma das bobagens criadas?). A partir do próximo dia 8, todos os veículos que circularem em rodovias federais terão que acender seus faróis, como se isso, em plena luz do sol, fosse amenizar os riscos de acidentes. Para o rondoniense, um problema a mais. Como a BR 364 passa por várias cidades, de Vilhena ao Acre, toda vez que sair da cidade e entrar na rodovia, o condutor terá que lembrar de acender a luz, para não ser multado. Em Porto Velho, além da 364, o mesmo deverá ser feito na avenida Jorge Teixeira (BR 319), que é federalizada. Se não usar os faróis acessos, vai pagar caro. E os otários aqui, não têm a quem se queixar...

 

PERGUNTINHA

Quantas ações da Polícia Federal serão realizadas nessa próxima semana, à carta de ladrões do dinheiro público e ratazanas dos cofres públicos que ainda andam à solta?

 

 

 

 

 

Banner de Divulgação 1

Sérgio Pires 02/07/2016

E AINDA VÃO ENTREGAR O PRÉDIO DO INSS COM MUITOS DISCURSOS!!

A gente está tão acostumada a ser maltratada pelo poder público, que mesmo depois de um serviço que parecia nunca mais acabar, quando vemos que ele está prestes, finalmente, a ficar pronto, acabamos até querendo comemorar. Claro que se algumas de nossas autoridades tivessem um pingo de vergonha na cara não fariam festa, na entrega de  obras que demoram anos a ficarem prontas. Se desculpariam...O caso do prédio do INSS, na esquina da Jorge Teixeira com a Migrantes (foto), em Porto Velho, é típico. Iniciada há mais de sete anos, uma pequena reforma acabou se transformando num serviço que se arrasta até agora. Finalmente, ao que tudo indica (e se não houver nenhuma daquelas surpresas desagradáveis,comuns durante os quase 85 meses em que o trabalho se arrastou, em algumas semanas o prédio estará abrindo suas portas. Nesse período todo, os usuários do sistema tiveram que andar pela cidade, atrás de prédios alugados, todos sempre superlotados, sem condições mínimas de bom atendimento, sofrendo ainda mais do que já sofrem os que precisam de atendimento. Enquanto isso, pelas tradicionais condições em que obras desse tipo nunca andam (empresas que abandonaram o trabalho; falta de recursos; suspeitas disso e daquilo; relaxamento, incompetência, falta de vergonha), o prédio do INSS, que deveria ter sido reformado em poucos meses, se arrastou por todo esse período.

É essa uma das vergonhas que temos que combater: obras públicas tratadas com desdém. Quando pela metade ou faltando muito ainda, políticos – ainda mais em ano eleitoral  - correm para fazer inaugurações nas coxas, quando deveriam ser multados por enganar a população. Em breve, vai sair o anúncio da pomposa inauguração do prédio do INSS. Ninguém deveria ir, para demonstrar a indignação do povo com esse tipo de golpe duplo: um pelo atraso e outro pela falta de vergonha em discursar numa obra que já deveria ter sido entregue há anos. Mas, aqui é Brasil, não é?

 

INÍCIO DA BATALHA

Ufa! Até que enfim começou a esquentar a disputa pela Prefeitura de Porto Velho. E a primeira briga envolve o PDSB de Mauro Nazif e o PMDB de Williames Pimentel. A turmna do prefeito entrou na Justiça Eleitoral com queixa contra Pimentel, que estaria fazendo propaganda eleitoral antecipada. O PMDB nega e garante que tudo está sendo feito dentro da lei. Pimentel só tem usado as redes sociais para postar comentários e fotos, enquanto os socialistas garantem que  há claro exagero nas postagens e que tudo caracterizaria claramente a propaganda antes do prazo legal. O assunto ainda não foi definido pelo TR E,. mas, obviamente, é o primeiro sinal claro do que será a campanha daqui para a frente. E olha que ela ainda está longe de começar...

 

AELCIO NAS PESQUISAS

Dentro do mesmo assunto. Uma série de pesquisas que está sendo reralizada pode mudar a decisão de um partido em relação à eleição municipal. E há outro caso em que o nome do possível pretendente já havia sido descartado (por ele mesmo), mas poderá voltar à ribalta, caso ouça os apelos de seus companheiros, Um dos casos envolve o deputado estadual Aelcio da TV. Ele tem sido citado com insistência por seus companheiros como alguém que deveria rever sua decisão de não entrar na briga pela sucessão de Mauro Nazif. Por enquanto, está valendo o que foi combinado antes: por enquanto, Aelcio está fora. Daqui para a frente, não se sabe do jeito que as coisas vão andar...

 

ABAIXO À CENSURA

A ação de alguns magistrados e membros do Ministério Público do Paraná, numa clara tentativa de intimidar jornalistas do jornal Gazeta do Povo, que publicaram seus salários (é fato público, portanto sem nada a ver com qualquer tipo de informação ilegal), foi considerada fora de propósito pela Ministra Rosa Weber, do Supremo. Ela considerou abusivo o fato dos cinco jornalistas denunciados terem que viajar a 40 cidades, para responder a cada uma das ações individuais. Agora, o caso deve ficar nas mãos do STF ou da Justiça Federal do Paraná. Mais uma vez, parte de autoridades que deveriam lutar pela defesa constitucional do direito à informação, tentam impor a censura no Brasil. Mais uma vez perderam. Mas, certamente, continuarão tentando.

 

O BANDIDÃO E A LEI

O pistoleiro Zildo Cavalcante jpa matou mais de 100 pessoas em Rondônia e Acre. Não é exagero. É verdade. Foi condenado em Ariquemes, no Tribunal do Júri, a mais 20 anos de cadeia. Como o julgamento é em primeira instância, ele poderia ter saído pela porta da frente do Fórum, caso fosse seguida à risca a vergonhosa lei brasileira que incentiva, apoia, facilita e abre as portas para a violência e para o assassinato. Sorte que um magistrado que se mostrou preocupado com a coletividade teve o bom sendo de decidir mantê-lo presos, antes que ele mate mais uns 100. O que arrepia a gente é que se fosse seguir a letra fria da criminosa legislação aprovada por nossos parlamentares., o bandidão estaria a essas horas livre, leve e solto. Inacreditável!

 

OTÁRIOS A POSTOS

O Conselho Nacional de Trânsito inventou mais uma, entre tantas invencionices que não resultaram em nada (alguém aí lembra Dio Kit de primeiros socorros, só para citar uma das bobagens criadas?). A partir do próximo dia 8, todos os veículos que circularem em rodovias federais terão que acender seus faróis, como se isso, em plena luz do sol, fosse amenizar os riscos de acidentes. Para o rondoniense, um problema a mais. Como a BR 364 passa por várias cidades, de Vilhena ao Acre, toda vez que sair da cidade e entrar na rodovia, o condutor terá que lembrar de acender a luz, para não ser multado. Em Porto Velho, além da 364, o mesmo deverá ser feito na avenida Jorge Teixeira (BR 319), que é federalizada. Se não usar os faróis acessos, vai pagar caro. E os otários aqui, não têm a quem se queixar...

 

PERGUNTINHA

Quantas ações da Polícia Federal serão realizadas nessa próxima semana, à carta de ladrões do dinheiro público e ratazanas dos cofres públicos que ainda andam à solta?

Banner de Divulgação 2

Sérgio Pires 30/06/2016

FUNDO PARTIDÁRIO ENCHE OS BOLSOS DE QUEM NÃO ENCHE UMA KOMBI

Alguém aí já ouviu falar no Partido da Reforma Urbana e Agrária do Brasil -  PRUAB? Ou no Raiz Movimento Cidadanista – RAIZ? Ou ainda no Partido Popular de Livre Expressão Afro Brasileira – PPLE? Essas excrescências são apenas algumas das “maravilhas” partidárias que estão pedindo registro junto ao Tribunal Superior Eleitoral. Há ainda coisas incríveis, como o  Partido da Real Democracia – PRD; o Partido Militar Brasileiro PMBr; o PARTIDO Republicano Cristão – PRC; o Partido da Construção Imperial – PCI. Algum deles preocupados com a situação caótica do país? Pensando em melhorar a vida do povo brasileiro? Qual deles vai apresentar alguma boa ideia para superarmos a crise, unificarmos o povo em torno de objetivos comuns e transformarmos essa terra num lugar melhor para se viver? Claro que não. Todos de olho nos milhões do Fundo Partidário, mais um crime cometido contra os trabalhadores brasileiros, que sustentam, com seus impostos, os 33 partidos que existem hoje no país e se transformou no sonho de outros 40, pelo menos, que querem ser criados, com o aval da Justiça Eleitoral. Basta cumprir algumas poucas exigências e, mesmo se nunca conseguir eleger um só de seus representantes, o balcão de negócios, ops!, quer dizer, o partido nanico, já está apto a receber uma pequena fortuna.

Dos quase 868 milhões de reais do Fundo Partidário, há naqnicos que não lotam uma Kombi e cujos criadores repartem entre eles a grana. Como o tal de PCO, que só aparece nas eleições Presidenciais através de um tal Zé Maria e que, no ano passado, abocanhou nada menos do que 1 milhão e 300 mil. O que estamos permitindo que façam com nosso país? Que Congresso é esse que elegemos? A democracia é vital, mas há coisas que a gente não consegue engolir, mesmo sabendo que é um efeito colateral negativo do processo democrático. Uma lástima!

 

RESULTADO ZERO

Não se pode dizer que Rosivaldo Justino de Souza,  de 27 anos, não seja um cara esforçado. Não fosse criminoso, poderia até se dar bem numa atividade lícita, com seu espírito de persistência. Pois o sujeito conseguiu serrar a grade da cela onde estava preso, em Rolim de Moura, com uma...gilete. Quase um milagre! Depois, suibiu no muro da cadeia e saltou de uma altura de cinco metros, correndo o grande risco de quebrar as pernas, no mínimo. Escapou da perseguição e se escondeu. Mas o Rosivaldo, mesmo com toda a persistência, não deve ter um QI muito elevado. Pouco mais de 15 horas depois de fugir, foi recapturado em Cacoal. Trabalhou longo tempo num plano, fez um grande esforço para nada. Até os policiais que o prenderam ficaram com pena do Rosivaldo...

 

NA RECORD NEWS

Estreia na Record News (rede SIC News/Record) o programa Direto ao Ponto, apresentado pelo jornalista Sérgio Pires e que esteve no ar durante 17 anos na SIC News. O primeiro entrevistado será o professor Jorge Peixoto, um mestre adorado por seus alunos e que têm um jeito muito peculiar de ensinar. Peixoto, depois de uma longa carreira vitoriosa no ensino, onde continua atuando com grande destaque, é o novo Dinossauro, membro de um time de comunicadores que está fazendo o maior sucesso no rádio e na TV, com o programa Papo de Redação. Não perca essa nova atração da TV rondoniense. É nesse sábado, a partir das 11h30 da manhã.

 

O APOIO DE MAURÃO

Chegando perto da eleição municipal, há um apoio que todos os pré candidatos à Prefeitura de Porto Velho gostariam de ter, mas que deve seguir a orientação partidária. O presidente da Assembleia Legislativa, Maurão de Carvalho, é uma das lideranças que mais têm crescido em todo o Estado, incluindo a Capital.  Membro novo do PMDB, ele deverá participar da campanha do seu companheiro de partido Williames Pimentel, mas é verdade que os demais concorrentes comemorariam se tivessem o aval público de Maurão. Dois deputados que devem concorrer à Prefeitura (Ribamar Araújo e Léo Moraes), são muito próximos e aliados importantes do Presidente da Assembleia, mas na Hora H, Maurão deve seguir uma das características de sua vitoriosa carreira política: a disciplina partidária. Deve mesmo ficar ao lado de Pimentel, do PMDB.

 

DESFILE DO MAL

No Ceará e em Pernambuco, os criminosos agora deram para sair as ruas, tirar sarro da cara da policia, da Justiça e da população. Gangues antes rivais, se uniram em passeata, saindo por bairros violentos de pelo menos duas cidades, avisando quem é que manda,. No Ceará, dos mais de 400 membros das gangues, 70 foram presos. Todos com passagem pela polícia. Soltos imediatamente, graças às leis de proteção ao crime que vigoram no Brasil. Em Pernambuco, eles não só fizeram um desfile do mal, como ainda ameaçaram autoridades e população. É esse o resultado de duas dezenas de anos da luta pelos direitos humanos dos criminosos. Não tem lei que proteja as pessoas do bem. Mas para defender o crime, não faltam discursos e autoridades.

 

LAERTE ESTREIA

O deputado Laerte Gomes estreia como novo líder do Governo. Esteve num encontro, essa semana, acompanhando o presidente Maurão de Carvalho, com o governador Confúcio Moura e com o chefe da Casa Civil, Emerson Castro. Sobre sua nova missão,nesse primeiro encontro no CPA,  Laerte publicou nas redes sociais: “ além de ser nossa primeira reunião oficial, como novo líder do governo, assumi a missão de ser líder do governo na Assembleia, tendo como prioridade estreitar a aproximação entre Legislativo e Executivo, sempre ouvindo os parlamentares e buscando dar transparência. Rondônia atravessa um momento econômico diferente da maioria dos demais Estados, exatamente por existir uma harmonia entre os Poderes”.

 

PERGUNTINHAS

Com toda a crise que o país está vivendo, com mais de 11 milhões e 400 mil desempregados, alguém aí está preocupado com quem vai ganhar medalhas nas Olimpíadas do Rio?

 

 

 

 

 

Banner de Divulgação 3

Sérgio Pires 29/06/2016

E OS PROTESTOS CONTRA A ROUBALHEIRA NA ÁREA DA CULTURA?

Sumiram 180 milhões de reais. Com peças teatrais falsas. Com projetos para atender crianças pobres que nunca saíram do papel; com festa de casamento para ricos; com shows que nunca se realizaram. Mais uma vez, a ponta do tapete foi levantada e, embaixo dele, toda a podridão de um sistema de governo que parece, foi criado apenas para dar oportunidade à ladrões de se adonarem do dinheiro público. Quando o presidente Temer decidiu extinguir o Ministério da Cultura, ouviu-se muita gritaria. Agora já se sabe do por quê. Muitos dos que vociferavam contra o fechamento da torneira, haviam se habilitado a participar da roubalheira sem fim, enquanto muitos artistas, sem a chapa branca, sem se envolverem em maracutaias, jamais tiveram acesso a qualquer incentivo oficial. A maior parte dos participantes do movimento de protesto, contudo,  era de inocentes úteis e de pessoas que realmente estavam preocupadas com a arte e os artistas, com a cultura e a produção cultural. Mas os que pegaram a maior fatia das verbas, aqueles que encheram os bolsos, que utilizaram verdadeiras fortunas para benefício próprio apenas, foram os que mais berraram. E que agora se calam, é claro, porque não são bestas. Quanto mais mexerem no fedor, mas mau cheiro ele exalará.

A Lei Rouanet, que deve ser mantida sim e continuar apoiando as artes e a cultura, deve ser modificada, para que não continue enchendo a pança apenas dos amigos do rei (ou da Rainha, no caso de Dilma Rousseff e seus apaniguados). Tem que haver rigorosa fiscalização e o fim de patrocínios exorbitantes para shows de grandes artistas, que já têm grandes verbas e mercado garantido. O dinheiro deve ir para novos talentos: atores, produtores, escritores, poetas, sempre com quantias compatíveis. O roubo vergonhoso, praticado pelos amigos do governo que, felizmente, se foi, não pode se repetir de jeito nenhum!

 

 

SAPOS NOS TRILHOS

O Ministério Público Federal e o Judiciário exigiram mudanças e melhorias profundas na área da Praça da Estrada de Ferro Madeira Mamoré. Deram até uma colher de chá, porque não obrigaram as autoridades responsáveis a colocarem  nos trilhos, de novo, o trenzinho Maria Fumaça que tanto encantava a população, por tantos anos, ao ir até a antiga Cachoeira de Santo Antonio, hoje Hidrelétrica de Santo Antonio. A promotora  Gisele Bleggi foi checar como andam as mudanças e não gostou do que viu. Já avisou que haverá uma multa diária de 10 mil reais, referendada pela Justiça, porque o que foi feito foi muito aquém do exigido. Ali na EFMM, também deve ter um grupo tenebroso de sapos enterrados. Nada funciona como deveria!

 

FESTA ANTECIPADA

Festa para anunciar o reinício das obras do Ginásio Fidoca, na Capital. Também nesses casos, deveria valor a proposta apresentada pelo deputado Airton Gurgacz: nada de anunciar obras com discursos, festas e palanques com fins eleitorais. O correto era fazer a festa quanto a obra estivesse pronta e fosse entregue, com todos os requisitos exigidos, para a comunidade. Mas aqui e em outros locais do Brasil, se faz isso. Festa para anunciar obra; festa para dizer que a obra começou; festa para dizer que falta pouco,. Depois, tristeza da população porque ela sabe que, no geral, nunca vai receber o prometido. Promessa não cumprida deveria é dar multa pesada e castigo do eleitor. Nunca festa política!

 

RAIO X MOLHADO

Não é de enlouquecer? A UPA da zona leste, construída há menos de quatro anos, já está com goteiras, vazamentos e infiltrações. Uma vergonha, para uma obra recente, que deveria, ao menos por longos anos, atender a coletividade, pelo que custou. Pois a situação chegou a tal ponto que a Secretaria Municipal de Saúde, a Semusa, teve que retirar de lá um equipamento de Raio X caríssimo, que corria o risco de ser atingido pela água da chuva e pelas infiltrações. Sem o aparelho, em torno de uma centena de pessoas ficaram sem fazer seus exames naquela unidade de saúde. É impressionante a péssimo qualidade de algumas obras públicas, principalmente aquelas que atendem os mais pobres. Será que ninguém vai preso? Claro que não!

 

NA CALADA DA NOITE

Bem que os vereadores de Ariquemes tentaram aumentar os salários a partir de janeiro do ano de vem, não só dos membros da Câmara Municipal, mas também do Prefeito, do Vice Prefeito e de todas nobres autoridades municipais. Eles não contavam, contudo, com a mobilização da comunidade. Dezenas de pessoas invadiram a Câmara, exigindo que o projeto do aumento, na faixa de 31 por cento (qual trabalhador brasileiro que recebeu esse aumento nos últimos anos?) não fosse votado. Amedrontados e pressionados, os nobres edis desistiram. Certamente vão ainda votar o aumento, mas na calada da noite, quando o povo menos esperar. Mas a tentativa lamentável já caiu na voz da população e nas redes sociais. Poucos se reelegerão, por lá!

 

ESPAÇO COMPLICADO

Deputado Lindomar Garçon voltou a afirmar que as obras do Espaço Alternativo estão autorizadas. Dois problemas graves, que dependiam de decisões na esfera federais, foram resolvidos por ele, anuncia: a área para a construção do estacionamento para 300 carros foi liberada, assim como  foi conseguida a autorização para a obra, que ameaçava ser impedida por estar numa área de decolagem e aterrissagem de aviões. Garçon também diz que o TCE não proibiu o recomeço das obras, mas apenas manteve sua decisão de que as denúncias de superfaturamento e outras, foram mantidas. A verdade é que com essa confusão toda, não se sabe se o Espaço será mesmo retomado, quando e por quem. O Governo quer fazer a obra e entregá-la até o Natal. Tem recursos próprios para isso.

 

PERGUNTINHA

Você concorda com a ida de uma centena de policiais de Rondônia para fazerem parte da Força Nacional de Segurança durante as Olimpíadas, enquanto temos tanto déficit de policiais nas ruas?

Sérgio Pires 29/06/2016

PROMOTOR DIZ QUE STF TRANSFORMA TRÁFICO EM PROFISSÃO

 
Não é por acaso que a guerra civil contra os bandidos está sendo perdida pela sociedade, como um todo. Afora a tenebrosa – criminosa? – série de leis que defende o crime, não há passos de nossas autoridades no sentido de ajudar a acabar com a violência que  os criminosos impuseram ao país e que, desse jeito, continuarão impondo. È de deixar desesperada qualquer pessoa de bem senso, defensora de uma sociedade livre do crime organizado, a decisão do Supremo Tribunal Federal, que votou que o tráfico de drogas não deve ser punido como um crime hediondo. A decisão fez regredir pelo menos duas décadas de luta da polícia, do Ministério Público e das pessoas de bem, que sabem muito bem o que os traficantes causam de danos ao país. Qualquer brasileiro que tenha um pingo de consciência, se fosse decidir, pediria a mais dura punição possível não só para os chefes do tráfico, mas para todos os que dele participam. Com a decisão absurda,  o Supremo, nas palavras de um destacado representante do Ministério Público de São Paulo, “oficializou a profissão de traficante!” Quando o Brasil põe nas mãos do Judiciário suas últimas esperanças de acabarmos com a bandidagem que nos assola, o STF presta um danoso serviço ao país, abrindo espaço para que o crime organizado e o traficantes tenham direitos iguais aos que cometem crimes comuns. Ou seja, até as “mulas”, que levam droga de um lugar para o outro (são tão criminosos quanto quem os contrata), serão tratados como pobres coitados, que receberão penas suaves, como prisão domiciliar e outras anomalias que nossa legislação já concede à gente do mal.

Assim vamos vivendo! Enquanto o Brasil se ajoelha para o crime, nossas autoridades demonstram estar mais preocupadas com os direitos da bandidagem do que a proteção à sociedade, às pessoas do bem. Talvez por isso o Rio de Janeiro esteja entrando na segunda década de uma guerra civil, sem que haja qualquer avanço real no combate ao crime. Lamentável!

 

 

 

APOIO À PRODUÇÃO

Empresários do setor produtivo estão agradecidos tanto ao Governo do Estado quanto à Assembleia Legislativa, pelo grande apoio dado na questão  do preço baixo pago pelos frigoríficos, pela nossa carne. Tanto o governador Confúcio Moura e sua equipe como o presidente Maurão de Carvalho, apoiado por todos os seus pares, realizaram um trabalho unificado, com apoio irrestrito aos produtores, Um dos empresários que destacou a ação das autoridades foi Adélio Barofaldi, respeitado homem ligado ao agronegócio e uma das lideranças do setor. Ao falar sobre o assunto, ele sempre destaca o conjunto de ações que mobilizaram os rondonienses contra o cartel imposto pelas indústrias da carne. A CPI da Assembleia, aliás, foi decisiva para que o assunto tivesse um bom encaminhamento.

 

“ENGANA TROUXAS”

O deputado Airton Gurgacz prestou um grande serviço à população de Rondônia, apresentando uma inusitada, mas muito importante proposta: a de que estão proibidas solenidades de inauguração de obras que não estejam totalmente concluídas. Claro que na prática o assunto vai causar muita polêmica, mas fica clara, no projeto do parlamentar, em acabar com inaugurações engana trouxas, como muitas vezes são realizadas, principalmente em ano eleitoral. Muitas obras estão semiacabadas (e há vezes que nunca serão terminadas) e mesmo assim são “entregues” em festividades com pompa e circunstância, além de discursos emoci0omnados. Desmontado o palanque, o povão então fica sabendo que foi enganado.

 

PALANQUE ELEITORAL

Sobre o assunto, Gurgacz resumiu: “a intenção do projeto, A proposta de Airton foi aprovado por unanimidade no parlamento., e que deve ser aplicado em todo o Estado, é evitar que obras inconclusas, sem mobiliário necessário ou ausente de estrutura que permita atender de forma plena o cidadão, tenham inauguração solene, que sirvam apenas como palanque eleitoral e depois sejam esquecidas”. E depois, ainda bateu abaixo da linha da cintura: “estamos cansados de ver verdadeiros eventos políticos na inauguração de obras, antes de estarem totalmente finalizadas," declarou Airton. Precisa dizer mais alguma coisa?

 

E O BOM SENSO?

OAB e Polícia Militar andam em rota de colisão. Depois que um advogado foi surrado por PMs (que alegam legítima defesa, pois teriam sido agredidos primeiro), a situação ficou complicada. Representantes da OAB foram à frente do quartel central da corporação, fazer protesto e exigir a prisão dos policiais envolvidos. Os PMs retrucaram. Através do seu representante na Assembleia, o deputado Jesuino Boabaid, um grupo foi à frente da sede da OAB, “retribuir a gentileza!”, com um protesto contra a instituição. O bom senso indica que as duas partes, tão importantes para a sociedade rondoniense, deveriam é sentar em torno de uma mesa, dialogar e chegar a um acordo. Esse confronto não interessa à população.

 

O TCE NÃO DEIXA

O deputado federal Lindomar Garçon comemora a autorização da Aeronáutica para  as obras do estacionamento gigante, vital para o prosseguimento do Espaço Alternativo. Não mais nenhum entrave para que o Estado conclua a tão esperada obra, que ficou paralisada mais de um ano. Agora, o único obstáculo é o Tribunal de Contas do Estado, que  continua fazendo de tudo para que não haja autorização para a conclusão dos trabalhos. O assunto ainda vai ser muito discutido. Mesmo que o Governo, o Ministério Público e toda a população queiram que o Espaço seja pronto logo, o TCE não quer de jeito nenhum. Voltaremos ao assunto, com mais detalhes...

 

PERGUNTINHA

 A sugestão do doidão Ciro Gomes de que, caso condenado pelo juiz Moro, o ex presidente Lula seja sequestrado por amigos e levado a uma Embaixada estrangeira, não é digna de uma Republiqueta das Bananas?

 

 

 

Banner de Divulgação 5

Sérgio Pires 28/06/2016

NOSSAS RODOVIAS SÃO TRATADAS COMO DE TERCEIRA CATEGORIA

O Dnit está anunciando, outra vez – será a nonagésima, centésima ou tricentésima vigésima quinta vez? – que vai concluir as obras dos viadutos de Porto Velho e a ponte sobre o rio Madeira, no distrito de Abunã. Os anúncios já não são levados a sério, porque o que se vê é uma paralisação total, ora por um motivo; ora por outro. A verdade é que Rondônia está relegada a um segundo plano, mesmo sendo um dos únicos estados que está tendo um desenvolvimento muito acima da média nacional e um dos três únicos a sobreviver no azul, pagando seus compromissos em dia. Um porto velhense que andou mais de 4.300 quilômetros pelo Brasil, do sul ao norte, ficou impressionado, por exemplo, com a qualidade da maioria das estradas federais. Muitas delas, privatizadas, com postos de pedágio e cobrando entre 3,10 reais e 5,10 reais, estão em excelente condições. Duplicadas, com toda a segurança, estrutura de Primeiro Mundo e apoio aos motoristas. Nas rodovias sem pedágio, as condições não são iguais, mas mesmo assim melhores, em tudo, do que a BR 364, dentro do Estado de Rondônia. Até a BR 070, que atravessa o Mato Grosso, é muito melhor do que a nossa única rodovia federal, que nos liga ao resto do país.

Ao entrar no Estado, o trecho de Vilhena até cerca de 15 quilômetros antes de Pimenta Bueno, a 364 ainda é de qualidade razoável. Mas a partir daí... O que se vê em vários trechos, ao invés de ações do Dnit, são placas quase cômicas, alertando aos motoristas: “atenção, trecho com muitos buracos!”. Ou “Atenção, desnível na pista!”. Ou ainda: “Perigo, 12 quilômetros de rodovia em péssimas condições!”. Ora, as placas são colocadas pelo Dnit. O mesmo órgão que deveria fechar os buracos, que deveria colocar a BR 364 em melhores condições e acabar com os desníveis da pista. Não é de lamentar?

 

 

BATENDO NA MESA

Está na hora do governador Confúcio Moura, junto com bancada federal, darem um soco na mesa. Rondônia é destaque nacional em muitas coisas, mas quando se trata do tratamento federal, na questão de obras em rodovias, somos tratados como uma unidade de terceira categoria pela União. A questão dos viadutos já se tornou ridícula. A anunciada ponte de Abunã parou quando tudo estava andando bem. A iluminação sobre a ponte do rio Madeira, em Porto Velho, sequer está no orçamento do Ministério dos Transportes. Não está na hora das nossas autoridades exigirem o que merecemos? Até quando?

 

A PM E A VIOLÊNCIA

Duas ocorrências envolvendo policiais militares mexeram com a opinião pública, nos últimos dias. O primeiro caso, é de acusação de violência da PM contra um advogado. As versões são diferentes, claro. A PM diz que o advogado tentou agredir dois policiais, um deles uma mulher. A reação deles e de colegas que chegaram foi violenta, deixando o advogado desfigurado. A OAB protestou com veemência. Já no interior,um PM foi morto covardemente, numa briga durante uma festa, em Campo Novo de Rondônia. Um grupo teria atacado o policial e seus amigos, roubado a arma do PM e com ela atirado na cabeça dele. Nesse caso, nem a OAB e ninguém mais protestou.

 

VERGONHA NACIONAL

Se já não estourou, vai estourar em breve um dos maiores escândalos do corporativismo sindical da história de Rondônia. Coisa de se transformar em notícia nacional imediatamente e mostrar a verdadeira face do sindicalismo podre que ainda é praticado no país. Um áudio de importante liderança de um grupo de servidores, quando chegar ao conhecimento do público, sem dúvida alguma vai mostrar a vergonhosa e até criminosa ação de dirigentes que estão se lixando para a população e apenas pensando nos seus próprios interesses. Quando o Ministério Público e o Judiciário caírem em cima do assunto, vai sobrar cadeia para todos os lados....

 

O SALÁRIO DOS OUTROS...

Algumas Câmaras de Vereadores começam a tratar dos salários dos membros do Poder, mas só a partir da próxima Legislatura. Os edis que assumirão o ano que vem, em Guajará Mirim, por exemplo, vão ter uma redução sw 12 por cento no salário de 5.200 reais. O prefeito, que recebe 12.800  por mês, passará a ter a ter  9 mil. Já o vice que, ganha  8.200, receberá 6 mil. As mudanças foram aprovadas por unanimidade. O problema é que a decisão é para o futuro. Os vereadores de Guajará e outras cidades que estão mudando para menos os salários, teriam que cortar também os valores indiretos e, para ser realmente uma medida respeitada, deveriam fazê-lo a partir de agora e não para o futuro. Mas, é melhor alguma coisa do que nada...

 

ESTADO DE LETARGIA

A eleição municipal em Porto Velho ainda está em estado de letargia. Mariana Carvalho, que pode ser o fiel da balança, uma hora diz que será candidata; na outra já não será mais. O PSDB está perdido. Tem como opção o ex promotor Idon Chaves, que colocou seu nome a disposição do partido. O PMDB está com Williames Pimnetel em plena pré campanha. Seu nome na disputa é irreversível. O que significa, aliás, que o partido do governador vai cair fora do palanque de Mauro Nazif, que vai a reeleição. Lindomar Garçon também é candidatíssimo, enquanto Ribamar Araújo fortalaece seu nome cada vez mais, assim como Léo Moraes. Terá muito mais gente concorrendo, mas, até agora, a campanha está fria...

 

PERGUNTINHA

Até quando vamos ter que aguentar essa encenação de que a ex presidente Dilma Rousseff tem ainda alguma chance de voltar a governar o país?

   

 

Banner de Divulgação 6

Sérgio Pires 13/06/2016

NA SEGURANÇA PÚBLICA, ESTADO E JUDICIÁRIO TÊM QUE AGIR JUNTOS

A semana começou com uma longa reunião entre o governador Confúcio Moura e toda a estrutura de segurança pública do Estado. Foram mais de três horas de debates, em que o próprio comandante em chefe tomou decisões, deu rumos, exigiu resultados. Basicamente, o plano de ação elaborado será acompanhado no dia a dia e deverá ter monitoramento constante, com avaliação dos resultados quinzenalmente. Rondônia é um estado inseguro, como o são todos os estados brasileiros. Mas nossos índices já melhoraram muito. Éramos um dos campeões em assassinatos. Hoje, somos o 15º nesse triste quesito. Embora Porto Velho pareça ser uma cidade dominada pelos meliantes, tal a criminalidade que se registra todos os dias, somos apenas o 20º Estado brasileiro em índices de violência. Com isso, dá para imaginar como estão as demais regiões brasileiras, não é? Falta-nos policiamento nas ruas? Falta sim. Mas Rondônia está em quarto lugar entre os estados com maior contingente policial. Uma das coisas que certamente nos ajudaria muito é a Polícia Militar não ter tanta gente dentro dos quartéis, como tem, nos serviços burocrático e botar esse pessoal todo nas ruas, protegendo os cidadãos. Mas, no contexto geral da segurança e pelos números apresentados, o governo Confúcio Moura está fazendo bem a parte que lhe toca..

Claro que há correções a fazer, ainda, no contexto da segurança pública rondoniense. Já há avanços concretos. Mas não haverá resultados nesse esforço do Executivo, para acabar com a criminalidade, se não houver mudança nas leis e, também participação efetiva do Judiciário, no combate ao crime. Nada adiantará a polícia limpar as ruas se os bandidos presos, horas depois, estiverem soltos de novo, por decisão dos juízes. Será enxugar gelo e não adiantará nem que sejam feitos investimentos milionários na segurança. A polícia tem que combater, mas o Judiciário tem que interpretar as leis para proteger a sociedade e nunca os tais “direitos” dos criminosos. Sem isso, nada vai se resolver.

 

 

LIMPEZA GERAL

Os petistas que ainda ocupam cargos nos segundos e terceiros escalões de todos os órgãos do governo (e eles são milhares), vão ser demitidos, felizmente, com maior velocidade, a partir dessa semana. O presidente interino Michel Temer determinou a medida, não só anunciando que vários dos cargos do PT, hoje, não terão novos indicados, mas, mais que tudo, que os petistas no poder criaram um clima de guerra dentro da administração, fazendo de tudo para atrapalhar o andamento do governo que está, legitima e constitucionalmente, substituindo a afastada Dona Dilma. Lógico que esses milhares de ocupantes de cargos, encostados mo poder há anos e , aparelhando o Estado, vão fazer de tudo para Dilma voltar. Senão, eles terão que começar a trabalhar de verdade. Daí...

 

APARIÇÕES NAS REDES SOCIAIS

Dos possíveis candidatos à Prefeitura de Porto Velho (afora Mauro Nazif que já está no cargo e concorre à reeleição), os que mais têm se movimentado, via redes socais, são Léo Moraes e Willaimes Pimentel. O jovem deputado e o competente agora ex secretário de saúde do Estado são figuras carimbadas expõe ideias, ações, comentários, encontros com a população e até encontros familiares. Ribamar Araújo tem feito mais prestação de contas de suas ações como deputado estadual.  Mariana Carvalho aparece ocasionalmente, muito mais por suas ações na Câmara Federal. Surpreendentemente, entre os cinco nomes principais até agora que poderão concorrer, o mais quieto tem sido Lindomar Garçon. Nem atrás, nas fotos, ele tem aparecido...

 

SECOU A TORNEIRA

Só pra colocar mais de pimenta no molho: como sobreviverão milhares de ONGs (que deveriam se chamar Organizações Mais ou Menos Não Governamentais), agora que o dinheiro público começa a rarear para elas? Basta acessar o Google. Lá está. Só na Amazônia, são 100 mil dessas organizações, a grande maioria delas estrangeiras, a milhares e milhares  recebendo dinheiro público. Claro que há as sérias e que realizam trabalhos importantes, principalmente na área da saúde. Mas a grande maioria é de picaretas, malandros, membros de partidos de esquerda de vários países, que se alimentam do dinheiro publico e de empresas e organismos internacionais. No Brasil, com o fim do governo do PT, a fonte da grana secou. E agora?.

 

MAIS DIAS DE FRIO

O clima em Rondônia vai ficar diferente ao menos por mais alguns dias. Nessa segunda, a madrugada em Vilhena chegou a marcar 12 graus. Até esse  próximo domingo, o clima vai oscilar entre os 12 e 18 graus de mínima e  17 e 32 graus de máxima. Em Porto Velho, o frio também se manterá por pelo menos uma semana, com mínimas entre 20  e 22 graus, mas a máxima já vai chegar bem alta, entre 30 e 32 graus. Todo o país está enfrentando uma fria gelada. No sul, as temperaturas estão despencando, embora o inverno ainda nem tenha chegado. Nas serras gaúcha e catarinense, as temperaturas negativas tem sido comuns. 

 

EXÉRCITO CAI FORA

O Exército jamais assume obras inacabadas e ainda mais com pendengas judiciais. A má notícia envolve, é claro, o câncer em que se transformaram os viadutos de Porto Velho. O Dnit até que tentou passar o pepino para as mãos da engenharia do 5º BEC, mas a primeira conversa foi negativa. O Exército brasileiro é composto por gente séria, que não aceita corrupção, superfaturamento, negociatas e que faz suas obras de grande qualidade, que duram décadas. Então, como colocar as mãos num pacote de obras cancerosas, onde a cada semana uma autoridade diferente dá uma decisão diferente? Bem que faz o 5º BEC. Está fora das obras, porque não entra em fria.

 

PERGUNTINHA

Até quando teremos que conviver com o terrorismo e a barbárie, a loucura e a crueldade, como o tiroteio que matou 50 e feriu outras 53 pessoas numa boate gay dos Estados Unidos?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Banner de Divulgação 7

Sérgio Pires 13/06/2016

SEGURANÇA PÚBLICA: ESTADO E JUDICIÁRIO TÊM QUE AGIR JUNTOS

A semana começou com uma longa reunião entre o governador Confúcio Moura e toda a estrutura de segurança pública do Estado. Foram mais de três horas de debates, em que o próprio comandante em chefe tomou decisões, deu rumos, exigiu resultados. Basicamente, o plano de ação elaborado será acompanhado no dia a dia e deverá ter monitoramento constante, com avaliação dos resultados quinzenalmente. Rondônia é um estado inseguro, como o são todos os estados brasileiros. Mas nossos índices já melhoraram muito. Éramos um dos campeões em assassinatos. Hoje, somos o 15º nesse triste quesito. Embora Porto Velho pareça ser uma cidade dominada pelos meliantes, tal a criminalidade que se registra todos os dias, somos apenas o 20º Estado brasileiro em índices de violência. Com isso, dá para imaginar como estão as demais regiões brasileiras, não é? Falta-nos policiamento nas ruas? Falta sim. Mas Rondônia está em quarto lugar entre os estados com maior contingente policial. Uma das coisas que certamente nos ajudaria muito é a Polícia Militar não ter tanta gente dentro dos quartéis, como tem, nos serviços burocrático e botar esse pessoal todo nas ruas, protegendo os cidadãos. Mas, no contexto geral da segurança e pelos números apresentados, o governo Confúcio Moura está fazendo bem a parte que lhe toca..

Claro que há correções a fazer, ainda, no contexto da segurança pública rondoniense. Já há avanços concretos. Mas não haverá resultados nesse esforço do Executivo, para acabar com a criminalidade, se não houver mudança nas leis e, também participação efetiva do Judiciário, no combate ao crime. Nada adiantará a polícia limpar as ruas se os bandidos presos, horas depois, estiverem soltos de novo, por decisão dos juízes. Será enxugar gelo e não adiantará nem que sejam feitos investimentos milionários na segurança. A polícia tem que combater, mas o Judiciário tem que interpretar as leis para proteger a sociedade e nunca os tais “direitos” dos criminosos. Sem isso, nada vai se resolver.

 

 

LIMPEZA GERAL

Os petistas que ainda ocupam cargos nos segundos e terceiros escalões de todos os órgãos do governo (e eles são milhares), vão ser demitidos, felizmente, com maior velocidade, a partir dessa semana. O presidente interino Michel Temer determinou a medida, não só anunciando que vários dos cargos do PT, hoje, não terão novos indicados, mas, mais que tudo, que os petistas no poder criaram um clima de guerra dentro da administração, fazendo de tudo para atrapalhar o andamento do governo que está, legitima e constitucionalmente, substituindo a afastada Dona Dilma. Lógico que esses milhares de ocupantes de cargos, encostados mo poder há anos e , aparelhando o Estado, vão fazer de tudo para Dilma voltar. Senão, eles terão que começar a trabalhar de verdade. Daí...

 

APARIÇÕES NAS REDES SOCIAIS

As possíveis candidatos à Prefeitura de Porto Velho (afora Mauro Nazif que já está no cargo e concorre à reeleição), os que mais têm se movimentado, via redes socais, são Léo Moraes e Willaimes Pimentel. O jovem deputado e o competente agora ex secretário de saúde do Estado são figuras carimbadas expõe ideias, ações, comentários, encontros com a população e até encontros familiares. Ribamar Araújo tem feito mais prestação de contas de suas ações como deputado estadual.  Mariana Carvalho aparece ocasionalmente, muito mais por suas ações na Câmara Federal. Surpreendentemente, entre os cinco nomes principais até agora que poderão concorrer, o mais quieto tem sido Lindomar Garçon. Nem atrás, nas fotos, ele tem aparecido...

 

SECOU A TORNEIRA

Só pra colocar mais de pimenta no molho: como sobreviverão milhares de ONGs (que deveriam se chamar Organizações Mais ou Menos Não Governamentais), agora que o dinheiro público começa a rarear para elas? Basta acessar o Google. Lá está. Só na Amazônia, são 100 mil dessas organizações, a grande maioria delas estrangeiras, a milhares e milhares  recebendo dinheiro público. Claro que há as sérias e que realizam trabalhos importantes, principalmente na área da saúde. Mas a grande maioria é de picaretas, malandros, membros de partidos de esquerda de vários países, que se alimentam do dinheiro publico e de empresas e organismos internacionais. No Brasil, com o fim do governo do PT, a fonte da grana secou. E agora?.

 

MAIS DIAS DE FRIO

O clima em Rondônia vai ficar diferente ao menos por mais alguns dias. Nessa segunda, a madrugada em Vilhena chegou a marcar 12 graus. Até esse  próximo domingo, o clima vai oscilar entre os 12 e 18 graus de mínima e  17 e 32 graus de máxima. Em Porto Velho, o frio também se manterá por pelo menos uma semana, com mínimas entre 20  e 22 graus, mas a máxima já vai chegar bem alta, entre 30 e 32 graus. Todo o país está enfrentando uma fria gelada. No sul, as temperaturas estão despencando, embora o inverno ainda nem tenha chegado. Nas serras gaúcha e catarinense, as temperaturas negativas tem sido comuns. 

 

EXÉRCITO CAI FORA

O Exército jamais assume obras inacabadas e ainda mais com pendengas judiciais. A má notícia envolve, é claro, o câncer em que se transformaram os viadutos de Porto Velho. O Dnit até que tentou passar o pepino para as mãos da engenharia do 5º BEC, mas a primeira conversa foi negativa. O Exército brasileiro é composto por gente séria, que não aceita corrupção, superfaturamento, negociatas e que faz suas obras de grande qualidade, que duram décadas. Então, como colocar as mãos num pacote de obras cancerosas, onde a cada semana uma autoridade diferente dá uma decisão diferente? Bem que faz o 5º BEC. Está fora das obras, porque não entra em fria.

 

PERGUNTINHA

Até quando teremos que conviver com o terrorismo e a barbárie, a loucura e a crueldade, como o tiroteio que matou 50 e feriu outras 53 pessoas numa boate gay dos Estados Unidos?

 

 

 

 

 

 

 

Banner de Divulgação 8

Sérgio Pires 11/06/2016

HÁ APENAS UM MÊS RENASCEU A ESPERANÇA PARA O BRASIL

O domingo fecha o primeiro mês do governo Michel Temer.  Apenas 30 dias, mas já se sente alguns avanços. Talvez o maior deles tenha sido o fim da sangria. O PT e seus aliados da esquerda tinham se adonado do dinheiro público e, se não tivessem sido tirados do poder, a essas alturas o rombo seria cada dia maior, até, quem sabe, chegar na hora do país literalmente quebrar. A Venezuela, por exemplo, com a mesma ideologia, não só está quebrada, quanto às portas de uma guerra civil. Provavelmente, se o país não tivesse reagido; se milhões de brasileiros não tivessem ido às ruas; se Temer e seu novo governo não tivessem assumido, estaríamos correndo sérios riscos. Temer é o cara? Claro que não. É a solução para todos os problemas do país? Obviamente todos sabem a resposta. Mas até um poste (com algum exagero), seria melhor que o desastrado, demagógico, torto e ideológico governo de Dilma. O mar de lama, a corrupção, a roubalheira instituída como programa de poder, tudo isso somado à incompetência petista de governar, obrigaram o país a procurar o mal menor.

O presidente interino conseguiu vitórias importantes no Congresso, com aprovação de medidas que podem ajudar o país a sair da situação em que se encontra. Não criou nada de excepcional, não inventou a roda, teve que demitir ministros enrolados com falcatruas, errou ao aceitar a chantagem de meia dúzia de artistas com bolsos cheios de verbas públicas,  que o fizeram recriar o Ministério da Cultuira, mas, no geral, fez muito mais pelo Brasil e seu povo do que Dilma e sua turma. Há protestos ainda pelo país, mas cada vez menores. Porque só quem ainda fala em golpe e não aceita que o país melhorou em tão pouco tempo, são os cegos ideológicos, que são poucos e os  malandros, acostumados a viver da grana pública, que são bem mais. Afora esses grupelhos, não há brasileiro que não esteja sentido que as perspectivas hoje são muito melhores do que eram quando Dona Dilma foi tirada a fórceps do poder.

 

 

SACRIFÍCIO ALHEIO

Mesmo com toda a crise nacional, com os salários em dia e a perspectiva de que Rondônia seja um dos únicos Estados da Federação a não atrasar salários, categorias de servidores começam a anunciar greves. Aliás, sempre foi assim entre o funcionalismo. Todo o mundo quer um país melhor, desde que os outros se sacrifiquem. Aqui em Rondônia não é diferente. A categoria dos agentes penitenciários anuncia paralisação geral a partir da quinta-feira próxima, porque não teve atendidos seus pleitos. Exigem inclusive, a aprovação imediata de um Plano de Cargos e Salários que ainda está em discussão. Os policiais civis também estão falando em greve.

 

FRIO HISTÓRICO

Quem anda falando a todo o momento nos riscos do aquecimento global, precisa urgentemente bater um papo com moradores do sul do país. Em Santa Catarina, os termômetros chegaram a quase 8 graus negativos, com uma sensação térmica das tundras soviéticas: 31 graus negativos.  No Rio Grande do Sul, já chegou a nevar em Gramado e outras cidades serranas e as perspectivas são de um dos piores invernos dos últimos 50 anos. Ué, mas a Terra não estava aquecendo, com riscos dos oceanos subirem e invadirem cidades com milhões de moradores?  Os defensores do catastrofismo, que aliás ganham milhões de dólares com seus livros e palestras, vão continuar falando as mesmas asneiras de sempre. Porque há quem acredite nisso, mesmo sem qualquer comprovação científica do que eles alardeiam...

 

“JEITO INALDO!”

Quando a prefeitura Sônia Cordeiro, do PT, foi afastada, seu vice,  Inaldo Pedro Alves, chegou a ser motivo de gozação na mídia do Estado, ao anunciar que a população de Jaru conheceria “o jeito Inaldo de governar!” Parecia apenas uma frase de efeito, que os políticos se esmeram em criar, para engambelar o eleitor.  Pois não é que o Inaldo cumpriu mesmo o que prometeu? Não só reorganizou as finanças da Prefeitura, que estavam em frangalhos, como conseguiu dar novo ritmo à administração. A tal ponto que anuncia que, além dos salários em dia, a Prefeitura vai pagar metade do 13º a partir deste mês de junho. O “jeito Inaldo dee governar” está mesmo mostrando sua cara. E ela tem sido muito positiva!

 

CORDA BAMBA

O governador Confúcio Moura deixou claro, essa semana: vai apoiar totalmente o candidato do seu partido na eleição municipal de Porto Velho, seu ex secretário de saúde, Williames Pimentel. Mas não vai atacar a administração do prefeito Mauro Nazif e nem sequer deixar de realizar as obras projetadas pelo DER na Capital. Ou seja, Confúcio vai pedir votos para o seu companheiro de partido, mas na prática continuará também ao lado de Nazif. Como ele conseguirá esse verdadeiro milagre, balançando-se sobre uma corda bamba que sempre representa os períodos eleitorais, sem confrontar um lado ou outro, é o que se pergunta. Mesmo experiente, Confúcio terá que se desdobrar para deixar seu apoio claro a Pimentel, sem deixar de estar ao lado do seu adversário...

 

GRANA NO BOLSO DELES!

Absurdo inominável. Políticos demagogos, que falam da pobreza mas só viajam de jatinho, dizem que querem mudar o Brasil, mas desde que no deles não se mexe. Os partidos políticos receberam, em apenas cinco meses nesse ano, nada menos do que 307 milhões de reais. O PT, é claro, foi o que mais abocanhou dinheiro pú8blico: quase 41 milhões. O PSDB dos tucanos, com 34 milhões aproximadamente e o PMDB, com 33 milhões. Os partidos nanicos também encheram os bolsos. Um deles, com apenas um deputado, faturou quase meio milhão de reais. Uma vergonha. Os números foram divulgados pelo jornalista Cláudio Humberto, em seu Blog. E os malandros ainda discursam, dizendo que querem ajudar a melhorar nosso Brasil. Dá  prá acreditar?

 

PERGUNTINHA

Como o PT conseguiu o milagre de transformar alguns poucos gatos pingados que foram às ruas protestar contra o governo interino de Michel Temer em “centenas de milhares de pessoas”?

 

 

 

 

Banner de Divulgação 9

Sérgio Pires 10/06/2016

O MAIOR DE TODOS OS CRIMES COMETIDOS CONTRA OS BRASILEIROS

Toque de silêncio na zona leste da Capital. Comerciantes fecham suas portas, põe grades, cadeados e se trancam, para não serem assaltados. As famílias já sabem: em alguns bairros, andar na rua depois que escurece é um convite aos bandidos. Estudantes que se esforçam para ir às aulas à noite, têm que se pegar com todos os santos para voltarem ilesos. A Polícia Militar faz o que pode, dentro das suas condições. Quando prende algum bandido, no outro dia ele está solto, na maioria das vezes. Se for “dimenor”, além de não poder prender o criminoso, o policial ainda tem que lhe pedir desculpas, porque pode ser denunciado. O menor pode mentir, caluniar, que o que vale é a palavra dele, não a da autoridade. No centro da Capital, só maluco para andar à noite. E as praças? Só se for desequilibrado para usar. Durante o dia já é perigoso, imagine-se quando a Lua começa a nascer. Assim está Porto Velho. Assim está a situação da grande maioria das capitais, das grandes, médias e pequenas cidades. Se é no Brasil, tem bandido solto, tem a impunidade absurda e doentia que os abraça e incentiva o crime e a violência. Quando vão presos  - e são poucos – em breve voltarão a cometer todos os mesmos crimes de novo, porque a lei é amiga deles, não das suas vítimas...

De todos os crimes que os últimos governos e o Congresso cometeram contra o povo brasileiro, sem dúvida o maior deles foi criar uma legislação amiga dos bandidos.  Foi lavar as mãos, enquanto mais de 50 mil assassinatos são cometidos por ano e menos de dez por cento são resolvidos. E, pior, nos obrigando a fazer investimentos pesados em teorias doentes, que sonham em para “recuperar” a grande maioria de criminosos  irrecuperáveis.  Para que eles matem e roubem de novo; que voltem a traficar, a estuprar, a trucidar suas vítimas. Enquanto isso não mudar, não adianta nada. Melhor mesmo se trancar em casa e rezar para que os bandidos não nos escolham para seus crimes desta noite....

 

 

TUCANOS AINDA NA ESPERA...

O PSDB já tem data para realizar sua convenção municipal de escolha dos seus candidatos em Porto Velho. Será no dia 30 de julho, provavelmente na casa de shows Talismã. A única coisa que falta é o candidato ou a candidata para entrar na briga pela sucessão de Mauro Nazif. Os tucanos vão esperar até a 25ª hora pela (in) decisão  de Mariana Carvalho, que ora é anunciada como candidata, ora de que ficará exatamente onde está: na Câmara Federal. Há pressão de todos os lados para que a jovem parlamentar anuncie, definitivamente, sua decisão. Para alguns membros do partido, não existe qualquer dúvida de que Mariana vai concorrer, já que estaria com grandes chances de ser a Prefeita da sua cidade, segundo todas as pesquisas. Outra ala já desistiu de esperar por ela e começa a analisar outros nomes. Enfim, o dilema continua, dentro do ninho tucano.

 

COITADOS DOS CARTEIROS!

O aparelhamento dos Correios pelo PT,  no decorrer da última década, transformou uma empresa sólida, respeitada pelo público e uma das mais importantes do país, numa estrutura apodrecida, que vai terminar mais um ano no vermelho. E que vermelho! O prejuízo da estatal, nesse ano, será de algo em torno de 2 bilhões de reais, mais ou menos o mesmo déficit que teve no ano passado. Berço do escândalo do Mensalão, os Correios estão destruídos. A empresa terá que recorrer aos bancos, para poder honrar seus compromissos, incluindo o pagamento dos salários dos seus funcionários.  Os carteiros, que trabalham muito e ganham uma miséria, poderão pagar o pato por tanta corrupção, desmandos e canalhices. Uma tristeza!

 

UM TRISTE RECORDE

Vários  bandidos, receptadores de motos roubadas, que as desmanchavam e vendiam as peças (e também é nesses locais de crime onde drogados que roubam  para sustentar o vício, conseguem receber algum dinheiro), foram presos, depois de longa investigação da polícia,. Houve denúncias anônimas, campanas, gastos de tempo e dinheiro público, até chegar aos criminosos, entre eles um daqueles canalhas também conhecidos como “dimenor”. Pois a quadrilha deve ter batido o recorde mundial de não permanência na cadeia. Nem fecharam as 24 horas de prisão e todos foram soltos, por decisão judicial. E é com essas leis que querem acabar com a violência no nosso país? Lamentável!

 

CORRERAM DA BRIGA

Um grupo de empresários madeireiros, que se sentia prejudicado pela Sedam, pediu ao deputado Alex Redano, que interviesse no assunto. Houve queixas pesadas e aviso de que seriam feitas graves denúncias.  Redano tratou de pesquisar os problemas e propôs uma audiência pública para discutir todas as dificuldades, que estavam sendo postas no caminho dos que dependem da Secretaria do Meio Ambiente, para dar andamento aos seus projetos. E que não estavam conseguindo. Resumo da ópera: Redano convocou o pessoal da Sedam, chamou os empresários e esperava colocá-los frente a frente, para esclarecer tudo. Não deu. Os principais denunciantes contra a Sedam simplesmente não apareceram. Dá pra entender uma coisa dessas?

 

QUINZE ANOS DEPOIS...

Inacreditável! Depois de quase 15 anos em obras, finalmente foi inaugurado o prédio do Centro de Atendimento Sócio Educativo de Ji-Paraná. Quase um recorde. Só perdeu para os viadutos sobre a BR 364, em Pimenta Bueno, que levaram quase duas décadas e meia para serem entregues. Estão próximo aos recordes, obras como o Anel Viário da mesma Ji-Paraná e correm céleres para eles, os viadutos de Porto Velho, que não se sabe quando serão concluídos algum dia. Com relação à obra finalmente concluída, desde que ela iniciou em 2002, foram quase 15 anos de espera pela inauguração. Agora, os “dimenor” em conflito com a lei, terão um local apropriada para serem atendidos. Ufa! Finalmente!

 

PERGUNTINHA

Você pagaria, com seu dinheiro, 200 mil reais por um show de um tal de Wesley Safadão, com dinheiro do seu bolso? Pois pagou. Dona Dilma deu a grana. Dos nossos impostos!

 

 

 

 

Banner de Divulgação 10

Sérgio Pires 09/06/2016

COMO MUDAR A REALIDADE COM O APARELHAMENTO POLÍTICO

Quando o PT priorizou, antes de tudo, o aparelhamento do Estado, de sindicatos e da mídia, sabia muito bem o que estava fazendo. É a melhor forma para que uma minoria domine a maioria. Os petistas e sua ideologia são peritos nisso. Desde os anos 70, quando o partido começou a surgir no cenário político brasileiro, com aquela conversa de ser a diferença; de combater a corrupção, de transformar o Brasil, tratou, ao mesmo tempo, de aparelhar todos os setores possíveis. Ainda hoje, embora com muito menos partidários (praticamente só os que perderão as gordas tetas do dinheiro público ainda são aliados à conversa pra boi dormir de “defesa dos pobres e das minorias”), o partido ainda domina grande parte das redações. Mesmo aquelas em que não pagou fortunas para blogueiros transformarem seus textos em barricadas ideológicas e defesas de ladrões dos cofres públicos. Por isso, não é surpresa que a grande maioria da mídia tenha dado destaque aos aspectos negativos da primeira pesquisa do governo Temer, ignorando os números positivos. De um governo, aliás, que nem chegou ao seu primeiro mês.  Ora, com apenas 27 dias no poder, Temer tem pouco mais de 11 por cento de aprovação. Mesmo o que tinha Dilma, depois de cinco anos. É verdade. Mas o número solitário é falso. Não há destaque para a informação de que 30 por cento dos brasileiros (quase um terço), ainda não sabem opinar sobre a atuação de Temer. E nem que  ele tem 28 por cento de reprovação, quando Dilma, antes de ser defenestrada, tinha nada menos do que 62 por cento de ojeriza da população.

O aparelhamento, ainda bem que muito menor, ainda coloca o PT como partido viável. Mas é claro que para a grande maioria dos brasileiros, aquele PT que milhões e milhões aprovavam, por sua pureza e amor ao país, já está morto e sepultado. Quando Dilma e seu partido sumirem do cenário (e vão sumir, sem dúvida), as próximas pesquisas vão ser claras. E nem a mídia petista conseguirá maquiar a verdade!

 

 

 

VIAGEM SEM VOLTA

A professora Sandra Feliciano da Silva, de 50 anos, é uma das 100 pessoas escolhidas para a primeira viagem de humanos ao Planeta Marte. Nesses próximos dias, ela participa de novo processo de seleção, que vai definir os 24 personagens que, dentro de 10 anos, realizarão a primeira viagem tripulada ao Planeta Vermelho. Sandra é rondoniense. Professora, advogada e escritora, ela tem  50 anos, não é casada e não tem filhos. O projeto desenvolvido pela Mars-One, uma fundação internacional sem fins lucrativos, é, para ela, uma oportunidade de fazer algo de importante para humanidade. O lado mórbido da história é que a viagem a Marte será só de ida. Ninguém voltará de lá e nem se sabe quanto tempo os participantes do projeto sobreviverão.

 

AQUAPLANAGEM

Uma obra projetada para escoar o tráfego, que tem sido muito importante para Porto Velho, não teve obviamente um planejamento correto. Porque cada vez que dá uma chuva um pouco mais forte, parte das pistas da avenida Migrantes, próximo a Jorge Teixeira (BR 319), fica completamente alagada. Os motoristas têm que correr o risco de aquaplanagem,  porque o trecho afetado se transforma numa pequena lagoa. O problema ocorre há anos e até agora não houve qualquer medida para corrigi-lo. A via, que é de responsabilidade da Prefeitura naquele trecho, tem que ser canalizada, antes que aconteça algum acidente mais grave. O aviso está dado. Pela enésima vez!

 

MUDANDO O TOM

O controvertido deputado federal Jair Bolsonaro, do PSC, tem 100 mil seguidores a mais, no  Facebook,  do que a Presidente afastada Dilma Rousseff. Hoje, 3 milhões e 200 mil brasileiros acompanham  todos os seus passos. Pré candidato à Presidência em 2018, ele tinha 4 por cento de preferência do eleitorado em dezembro e saltou, agora, para 8 por cento. Bolsonaro é o nome da extrema direita para a Presidência e é amado pelas classes mais altas e com poder aquisitivo maior. Agora, vai começar a mudar o discurso, aos poucos, para tentar conquistar outras fatias de eleitores. Veremos se terá sucesso ou não sairá de onde está, nas pesquisas...

 

NÃO HÁ VAGA

A pressão do comércio porto velhense, para que a Prefeitura realize ações que tirem os ambulantes de frente das lojas e que seja implantado um sistema de estacionamento rotrativo nas áreas onde as lojas estão mais concentradas, reuniu empresários e autoridades nessa semana. Já há alguns projetos, embora nenhum deles a curto prazo. A instalação da Zona Azul por não se concretizar, mas sim um sistema de parquímetros, onde o motorista compraria as moedas para estacionar por tempo determinado. Já em relação aos ambulantes, alguns instalados nas portas das lojas, a solução do camelódromo continua sendo analisada, mas nunca realizada. É um milagre conseguir vaga próximo às lojas no centro da Capital,. O mesmo já está acontecendo na Jatuarana e no comércio da zona leste.

 

TRANSPARÊNCIA DEZ...

O nível de transparência de estados e municípios brasileiros aumentou 31% em seis meses, segundo o Ministério Público Federal. Na primeira análise dos portais, em 2015, apenas um estado conquistou nota 10 na avaliação: o Espírito Santo. Já nesta segunda avaliação, mais dois estados tiveram nota máxima: Rondônia e Ceará.  foram avaliados portais de 5.567 municípios, 26 estados e o DF. A Prefeitura de Porto Velho também melhorou no quesito transparência. Passou a ocupar o qiinto lugar, com nota 9,8, vindo atrás de Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre  e Recife, que receberam nota 10. Os números são positivos. A transparência informa a população sobre o que seus governantes andam fazendo...

 

PERGUNTINHA

O conselho que o senador Jorge Viana deu ao ex presidente Lula, para que ele confronte o juiz Sérgio Moro e vá preso como vítima, é de um amigo ou de um idiota  “muy amigo!”?

 

 

 

 

Banner de Divulgação 11

Sérgio Pires 08/06/2016

EMPRESÁRIOS E POLÍTICOS SE UNEM PELO AEROPORTO DA CAPITAL

Dentro de duas semanas, a Infraero vai fornecer, ao Ministério da Aeronáutica, todas as informações necessárias para o alfandegamento do aeroporto de Porto Velho. Falta muito pouco para que isso aconteça. Todo o investimento, segundo o presidente da Fiero, o competente Marcelo Thomé, não passaria de 4 milhões e meio de reais, que seriam recuperados em pouco tempo, a partir da abertura do Jorge Teixeira como aeroporto realmente internacional, ampliando nossos negócios com os vizinhos da América.  O governo do Estado já demonstrou seu total apoio à iniciativa. A bancada federal, a começar pelos senadores Valdir Raupp, Ivo Cassol e Acir Gurgacz, está empenhada em que o projeto ande rapidamente. Os deputados federais também estão engajados. O presidente da Assembleia, Maurão de Carvalho, não só escancarou as portas da Assembleia para que o assunto fosse amplamente debatido, como abraçou a ideia desde o começo. Lançada pela Fiero, a iniciativa de apressar a internacionalização do aeroporto (internacional só no nome!) mobilizou empresários e autoridades, numa frente que pode trazer resultados práticos a curto prazo. Nesse contexto, Carlos Alberto da Costa, superintendente da Infraero, explicou que serão necessários apenas alguns ajustes para concretização do projeto. 

Décimo aeroporto do país, com mais de 1 milhão de passageiros/ano, o Jorge Teixeira, por sua localização geográfica no coração da América Latina, pode tornar Porto Velho um centro exportador e importador, com a utilização de cargas aéreas, levando e trazendo riquezas e voos que transporte homens de negócios para ampliar o comércio regional. Com o porto graneleiro em expansão, com projetos de ferrovias e outros modais, Rondônia tem um rico caminho pela frente, para fortalecer sua economia. E se consolidar como um dos Estados diferenciados do Brasil. Estamos no caminho certo. No caso da via aérea, ele está sendo indicado pela Fiero e apoiado por todos. Tem que dar certo...

 

 

 

NÃO SOBRA UM!

Poucos das novas gerações conhecem ou ouviram falar de Bezerra da Silva. Foi um genial músico e cantor brasileiro, que usava o bom humor, fazia um samba de breque de primeira e teve inúmeros sucessos durante sua longa carreira. Nascido no Rio, em 1927, morreu aos 78 anos, em 2005. Um dos seus maiores sucessos, até hoje lembrado pelos que acham que a boa música tem letras e histórias, tem poesia, humor e criatividade, poderia resumir muito bem o que está acontecendo nesse momento da política brasileira. O refrão da música dizia assim: “Se gritar pega ladrão, não sobra um, meu irmão; se gritar pega ladrão, não sobra um!”. Precisa dizer mais?

 

ANALFABETOS FUNCIONAIS

Textos eivados de erros de Português, escritos por estudantes de jornalismo da Unir e criticados pelo jornalista Mário Quevedo, causam polêmica nas redes sociais.  É lamentável que isso aconteça. Ao invés de chamar o repórter para a briga, os responsáveis (?) pelo Curso deveriam é agradecê-lo. Não é possível que estudantes que estejam sendo preparados para atuar na Mídia, escrevam frases desconexas, informações desencontradas, frases extensas sem vírgula e sem ponto, textos em que sujeito, verbo e  objetivo direto são inimigos. Certamente não são orientados a ler, ler e ler, porque só a leitura ensina a escrever direito. O mais triste é que há professores da Unir que saíram em defesa dos alunos. Mesmo concordando que o texto está ruim, disseram que “é possível entender a mensagem”! Não dá vontade de chorar?

 

ÚLTIMO NOME PETISTA

O último nome que teve indicação do PT no primeiro escalão do governo Confúcio Moura, deixou o cargo na semana passada. Valdenice Domingues tinha sido indicada pelo deputado Ribamar Araújo, quando ele ainda estava no partido. Ribamar trocou o PT pelo PR, é pré candidato a Prefeito de Porto Velho e não tinha mais ligação política com Valdenice. Como ela saiu do cargo de secretária de assistência social para ser candidata (provavelmente vai disputar a Prefeitura de Campo Novo), não restou nenhum petista em cargo de relevância no governo estadual. A assistente social Hérica Lima Fontineli , da equipe da SEAS, foi indicada por Confúcio para comandar a secretaria. Agora com zero de petismo!

 

RUMO AO DÉCIMO ANO

Novidades sobre as obras dos viadutos. Mais uma. São tantos anúncios de solução para o problema, que já não se sabe em quem e quando acreditar. Mas o senador Valdir Raupp e a deputada federal Marinha Raupp garantem que conseguiram autorização do Dnit, para que o 5º BEC assuma a conclusão dos arremedos de obras públicas, atiradas às traças durante anos, pela incompetência do Dnit e do governo federal. Raupp e Marinha garantem que receberam o aval do diretor do Dnit, Valter Casemiro, para que a turma do Exército comece em breve a trabalhar. Não disseram em que ano o serviço será retomado. Estamos caminhando céleres para os primeiros dez anos das obras nunca concluídas...

 

BOLSOS CHEIOS

Mesmo com toda a crise, a grana anda rolando solta pela Câmara Municipal de Porto Velho. Pelo menos para alguns bolsos. Teve mais beneficiados, mas pelo menos dois vereadores – o atual Presidente Jurandir Bengala e o ex, Alan Queiroz – colocaram no bolso nada menos do que 100 mil reais cada. Tudo legal, porque seriam diferenças que eles teriam a receber. Mas, num momento em que o legislativo municipal foi obrigado a demitir quase três centenas de servidores, para se adequar à Lei de Responsabilidade Fiscal, é surpreendente que haja tanto dinheiro sobrando. Legal é. Mas será moralmente correto? A classe política realmente anda surpreendendo, cada vez mais. Para pior!

 

PERGUNTINHA 

O que você achou sobre o momento de sinceridade no Conselho de Ética da Câmara Federal, quando um deputado chamou um colega de ladrão, safado e vagabundo e o outro retribuiu, denominando seu adversário de picareta e canalha?

 

Banner de Divulgação 12

Sérgio Pires 07/06/2016

É HORA DE APROVEITAR A ONDA E FAZER UMA LIMPEZA GERAL

Os pedidos de prisão contra quatro  políticos, entre as figuras mais destacadas da vida pública nacional, sacudiu o país. Imagine-se se o Supremo acatar o pedido e mandar o ex presidente José Sarney; os senadores Renan Calheiros e Romero Jucá e o deputado Eduardo Cunha para a cadeia? Pela primeira vez na história do país, um ex Presidente iria para a prisão, em tempos de democracia. O próximo que poderia entrar nessa lista, seria o também ex Presidente Lula, em cujas costas se acumulam cada vez mais acusações. O que está acontecendo, nesse momento, é positivo para o país? Claro que é. A menos que sirva para colocar no caminho de novo dos brasileiros o governo do PT (o que nos destruiria definitivamente), a limpeza de safados e corruptos; dos que se abasteceram de dinheiro público a vida inteira; dos que abusaram da ingenuidade do povo, reelegendo-se seguidamente, apenas para nos saquear, os acontecimentos que envolvem a corja de mãos sujas, sem dúvida trarão benefícios para o Brasil. Várias personalidades de brasileiros do bem têm repetido que não poderia haver melhorar hora para fazermos uma limpeza geral. Mandar para onde deveriam estar há anos, gente do naipe dos quatro denunciados agora por Rodrigo Janot. Mas também gente como Lula, Dilma e outros líderes do PT, que enganaram a Nação e criaram um sistema organizado de avançar sobre os cofres públicos. Mas também Aécio e outros como ele.

Temos que fazer uma limpeza geral no Brasil. Defenestrar Dilma, deixar Temer completar esse governo eivado de corrupção e maledicências, aproveitar a eleição de 2018 para criarmos um novo tipo de política e de políticos. Não podemos mais conviver com tanta ladroagem, desrespeito, acinte contra a população trabalhadora. Cadeia para todos os corruptos, sejam eles quem forem! Enquanto não fizermos isso, jamais teremos um país decente.

 

 

MAIS UMA VERGONHA!

Tem tanta obra parada, abandonada, deixada às traças, que já faz parte da paisagem e a gente nem se revolta mais, tal o número de acintes contra a população. Em Porto Velho, então, nem se fala! Haveria necessidade de uma centena de páginas para enumerar todas. Uma dessas vergonhas é outro conjunto habitacional, o Cidade de Todos Três (olha só a demagogia do nome!), que já custou uma fortuna e nunca foi entregue. Começou em 2009 e até hoje não deu casa a um só morador. Os 11 milhões previstos para a obra já não bastam mais. Já houve sorteio para 240 famílias morarem no local. Mas só se forem viver dentro de esqueletos de obras e do abandono geral. Uma vergonha!

 

NAZIF ESPERA MARIANA

No Palácio Tancredo Neves, tanto o prefeito Mauro Nazif quanto sua equipe, têm como certa a entrada na corrida pela Prefeitura da Capital da deputada federal Mariana Carvalho. Mesmo com todas as negativas dela de que não disputará a eleição deste ano, a turma palaciana trabalha para o enfrentamento com a preferida em todas as pesquisas, até agora. Além de  Mariana, caso ela mude mesmo de ideia e entre na corrida, Nazif terá outros adversários fortes pela frente, tentando tirá-lo da reeleição: Willames Pimentel, que vem com toda a força do PMDB: Lindomar Garçon, sempre com boa votação nos bairros; Ribamar Araújo, com sua ficha limpíssima, que pode ser vital na disputa e ainda o jovem deputado Léo Moraes, que também está na briga. Vem ainda mais gente, nessa relação...

 

O APOIO DE CONFÚCIO

Por falar em Pimentel, ele receberá, tão logo sua candidatura seja oficializada (por enquanto é apenas pré candidato), um apoio de peso. O goverrnador Confúcio Moura afirmou a essa coluna que vai apoiar incondicionalmente o nome apontado por seu partido, o PMDB. Com boa aceitação na Capital, Confúcio ainda está ajudando muito a administração Nazif, realizando várias obras na cidade. Diz que continuará a fazê-lo e que, em momento algum, irá fazer críticas a Nazif ou a qualquer outro candidato. Mas que, como peemedebista, vai estar no palanque de Pimentel. Foi a primeira vez que Confúcio falou abertamente sobre o assunto.

 

O DNIT NÃO DECIDE

Houve um sopro de esperança de que os viadutos de Porto Velho pudessem finalmente serem concluídos, quando o senador Valdir Raupp (depois seguido por outros políticos), lançou a ideia de que o 5º BEC fosse chamado para resolver o problema. Passaram-se vários dias, mas até agora não houve qualquer manifestação concreta sobre o assunto, a não ser releases distribuídos à mídia e algumas manifestações aqui e ali. Sabe-se que, quando o governo quer resolver mesmo alguma obra pendente, sem risco de super faturamento ou corrupção, basta chamar os militares. Eles realizam um trabalho de qualidade, com custo justo, produzindo obras duradouras e, além disso, com a certeza de que o usuário ficará satisfeito. O problema é que a palavra final depende do Dnit. E o Dnit, a gente sabe como é: a personificação da incompetência.

 

OS NOMES DE ARIQUEMES

A eleição municipal em Ariquemes, uma das mais importantes cidades do Estado, será muito disputada nesse ano. As pesquisas consideradas sérias têm apontado quatro nomes entre os mais cotados. Lorival AQmorim, que vai a reeleição, não tem aparecido na frente. O nome que anda rondando a cabeça da maioria do eleitorado, ao menos até agora, é o do deputado estadual Adelino Follador, do DEM. Também estão no páreo o delegado Thiago Flores e Daniela Amorim, ex deputada e filha do ex senador Ernandes Amorim.  Se a disputa fosse hoje, as chances maiores seriam de Follador, com Thiago e Daniela próximos. Claro que é apenas um estudo de futurologia, porque  ainda está longe da campanha começar...

 

PERGUNTINHA

O que você acha da Polícia Militar do Rio Grande do Sul ter autorizado um dos seus oficiais a casar com outro homem, usando o traje de gala da corporação?

 

 

 

 

Banner de Divulgação 13

Sérgio Pires 06/06/2016

“PARA SER GOVERNADOR, ANTES DE TUDO, É PRECISO NÃO SE AMAR!”

 “Eu sempre digo que, para ser governador, antes de tudo, é preciso não se amar.  É ficar de um lado, igual a São Sebastião, recebendo flechas no peito de todas as direções. Porque  o ímpeto gastador do Estado brasileiro é voluptuoso, igual a um Vesúvio destruidor!”. As frases são de texto publicado nas redes sociais e em seu Blog, pelo governador Confúcio Moura, analisando as pressões para que conceda aumentos salariais. Principalmente para os policiais civis, que estão em campanha por melhores vencimentos há várias semanas. Segundo Confúcio, algumas manifestações mais pesadas são como “punhaladas e açoites, provocando o Governo, para que se abra na concessão de aumentos, vantagens, direitos e mais direitos, sem um olhar mais profundo da tenebrosa situação em que vivem os Estados e os municípios.  E, infelizmente, nosso próprio Estado”. Ele reclama que há incompreensão nessa luta quase solitária pelo controle dos gastos e lamentou que a Assembleia Legislativa tenha derrubado um decreto seu nesse sentido. Mais adiante, concluiu: “qualquer que seja a irresponsabilidade administrativa ou financeira que eu venha a tomar, elas terão, no futuro, consequências profundamente danosas aos servidores e ao próprio povo. Se persistirmos, firmes e gerando ondas positivas, como foi a Rondônia Rural Show e outras ações promotoras do desenvolvimento, com certeza, daremos um salto fantástico em crescimento e prosperidade”.

Confúcio está totalmente certo nessa questão. O Estado brasileiro está falido porque se tornou uma república sindicalista, principalmente de servidores públicos. Está na hora dos governos dos Estados e da União fecharem as torneiras, emagrecerem o Estado e diminuírem a gastança com tantos ”direitos adquiridos”. Claro que isso é muito difícil, perto do impossível. Por isso um governante não pode se amar, para ter coragem de tomar medidas assim. Confúcio está fazendo o que tem que ser feito!

 

 

 

CRUELDADE DOENTIA

A crueldade dos criminosos está cada vez mais doentia. Dias atrás, em Buritis, um homem foi assassinado a tiros. Junto com ele, uma criança, uma menina de 14 anos, que seria sua namorada. Os dois foram mortos com tiros à queima roupa na cabeça e ainda tiveram suas vísceras retiradas. Depois, foram jogados no rio. O pior é quando esses desgraçados forem presos, ficarão sob a proteção dos direitos humanos dos bandidos. Quando condenados – e o serão – receberão todas as benesses que possam encurtar suas penas. Quando se diz que é a impunidade que incentiva crimes cada vez mais brutais, há quem ache que é exagero. Mas é só ver casos como a de Suzane Von Richothofen, que matou os pais e de Marco Antonio, um dos assassinos da jovem Naiara Karine, que já estão tendo benefícios sem fim, para compreender o assunto.

 

VOO PERIGOSO

Não se sabe ainda se foi um pássaro comum ou um urubu, que são atraídos pelo lixo jogado próximo ao aeroporto de Porto Velho, mas a colisão de um Airbus da Latam (ex  TAM), contra uma ave, nesse domingo, poderia ter causado um acidente grave. Felizmente não houve nada mais sério, além do susto dos passageiros, que sentiram, pouco depois da decolagem, um grande estrondo de um objeto que colidiu com a aeronave. O avião, que saiu por volta das duas da tarde em direção a Brasília, teve que voltar ao aeroporto, pousou em segurança, mas não pôde continuar viagem. Os passageiros foram remanejados. Urubus são comuns na área próxima ao  aeroporto.

 

TOMANDO POSSE

Recém restaurado, através de um pesado investimento da Câmara Municipal de Porto Velho, o antigo prédio que abrigou o primeiro legislativo da cidade está novamente airado à traças. Literalmente. Portas e janelas foram atacadas por cupins. As fechaduras desapareceram.  A sujeira tomou conta de tudo. Vendo todo esse desprezo pelo patrimônio público, o professor Mário Jorge, presidente do Conselho Municipal der Educação, decidiu ocupar o prédio. Vai deixar de pagar aluguel e passar a comandar o Conselho do local restaurado. Na terça dessa terça, a tomada da antiga Câmara será reocupada. A decisão de Mário Jorge deixa bem claro seu amor à sua cidade. Já quem devia cuidar daquele patrimônio que é de todos, lavou as mãos...

 

LADRÕES ELEITOS

Meio bilhão em propinas, desde  2002 ou seja, antes de iniciar os governos do PT e atravessando todos os anos petistas, foram entregues a políticos principalmente do PMDB, mas também de vários outros partidos, segundo denuncia Nestor Cerveró, ex diretor da Petrobras. Isso é apenas uma pequena fatia do dinheiro público desviado, roubado, estropiado por políticos ingressam na vida pública jurando amor ao país, mas que na verdade, só pensam em si e no seu enriquecimento pessoal. Com todas as denúncias feitas, seria ótimo fazer uma limpeza geral no Brasil, não só colocando todos esses bandidos na cadeia, como também os eliminando da vida pública para sempre. Porque se depender do eleitor, muitos deles continuarão sendo eleitos para roubar...

 

É ISSO QUE QUEREMOS?

Um ladrão fez várias vítimas em Porto Velho. Usando um equipamento eletrônico conhecido como Chapolin, anulava o alarme dos carros, os abria facilmente e levava tudo o que encontrava. A polícia fez longa investigação, perdeu tempo, despendeu equipes e, finalmente, conseguiu botar a mão no safado. Puro tempo perdido., Horas depois de estar no xilindró, o bandido já estava de volta às ruas, por decisão judicial. Ora, para que fazer a população perder tempo em prestar queixa e chamar a polícia ? Para que fazer a polícia perder seu tempo e gastar dinheiro público? Que encenação é essa, onde um meliante é pego com a mão na massa e horas depois está soltinho, para continuar cometendo os mesmos crimes? É esse o país que queremos?

 

PERGUNTINHA

Quando o Brasil começará a recuperar ao menos parte dos quase 12 milhões de empregos perdidos durante o (des)governo de Dilma Rousseff?

 

 

 

 

Banner de Divulgação 14

Sérgio Pires 05/06/2016

MAIS DE 3 MIL POLICIAIS FORAM ASSASSINADOS EM CINCO ANOS

Um levantamento feito pela BBC Brasil com os governos estaduais, mostrou que um policial foi assassinado para aproximadamente cada quatro bandidos mortos pela polícia no Brasil em 2013. De lá para cá, a criminalidade só cresceu no país. Aumentaram também os crimes de assassinatos e a vitimização de policiais. Nos últimos cinco anos, nada menos do que três mil representantes da lei foram mortos em serviço ou nas dezenas de emboscadas feitas por bandidos. Batemos o recorde negativo de crimes de morte em 2012, quando 56.227 brasileiros foram assassinados e em torno de 1.500 foram de gente da polícia. Em 2015, em 22 estados que deram informações sobre mortes de homens e mulheres das polícias civil e militar (incluindo aí dados de Rondônia),  316 foram mortos. Para o representante da Associação Nacional de Praças (Anaspra), Cabo Elisandro Lotin de Souza, “o problema é nacional, já que o Brasil inteiro vive hoje uma guerra civil não declarada, com a violência vitimando não só os jovens e adolescentes, em sua maioria negros e pobres, mas também policiais civis e militares”. Segundo ele, há  vários motivos para todas essas mortes, mas vaticina, mudando radicalmente o que sempre se pensava sobre o brasileiro pacífico: ”a sociedade  brasileira é muito violenta”.

A verdade é que, afora alguns idiotas ideológicos e a grande mídia demagógica, todos os brasileiros do bem acham que se não fosse a ação da polícia, estaríamos numa situação ainda pior. Mas se dependermos do nosso Congresso, do governo e de áreas do Judiciário e do Ministério Público, nada será feito para mudar esse quadro tenebroso e continuará o domínio do crime sobre o país, junto com a violência assombrosa. Os discursos, lamentavelmente, ainda são em defesa dos direitos dos criminosos e nunca de suas vítimas. Desse jeito, não tem jeito!

 

 

 

PRIMEIRO NOME

Faltam apenas os prazos legais. O primeiro pré candidato que teve seu nome confirmado por seu partido, na disputa pela Prefeitura de Porto Velho, já está pronto para lançar sua campanha na rua. O agora ex secretário de saúde do Estado, Williames Pimentel, que deixou o cargo para poder concorrer em novembro, foi lançado numa grande reunião de peemedebistas e elogiado em discursos e homenagens. Filho de Porto Velho, ele chega para a campanha com apoio incondicional de todos os caciques do partido e da base do diretório da Capital. Falta agora o Palácio do Governo entrar de sola na campanha. Por enquanto, o governador Confúcio Moura ainda está ao lado de Mauro Nazif, que é candidato à reeleição.

 

SEGUNDA INSTÂNCIA

Problema sério para o ex prefeito Roberto Sobrinho, pré candidato do PT à Prefeitura e que está aparecendo com destaque em todas as pesquisas sérias: sua condenação em segunda instância, pelo Tribunal de Justiça do Estado, o coloca como ficha suja, ou seja, com os direitos políticos cassados por seis anos. Caso seus advogados não consigam derrubar essa decisão em instância superior, até o período de registro das candidaturas, Sobrinho estará fora do páreo. O mesmo caso ocorre com a ex deputada Epifânia Barbosa, também condenada em segunda instância, no mesmo processo. Pela lei eleitoral de hoje, ambos estão impedidos de disputar eleições até 2022.

 

A CULPA É DOS COXINHAS...

Nove advogados, dissidentes da atual diretoria da OAB, criaram um factoide: entraram com uma ação na Justiça, pedindo que sejam consideradas lesivas ao país e ilegais as nomeações dos ministros do governo Temer, legitimamente ocupando o comando da Nação, dentro de todos os trâmites constitucionais. Uma pena mesmo que advogados renomados e respeitados se sujeitem a essas pequenas aberrações, fazendo de conta que o desastre petista no poder é apenas invenção dos “coxinhas”. Assinaram a ação os advogados Ernande Segismundo, Valetin Raduan Miguel Daniele Ribeiro, Sandra Maria Guerreiro, Ana Duarte, Walter Lemos, Indiele Moura e Thiago Miranda. A direção da OAB rondoniense não apoia a iniciativa.

 

AEROPORTO INTERNACIONAL

Audiência pública das mais importantes está agendada para essa segunda-feira, a patir das 15 horas, na Assembleia Legislativa. O debate será sobrea internacionalização do aeroporto Jorge Teixeira e foi proposta pela Federação da Indústrias, a Fiero. O presidente Marcelo Thomé quer debater o assunto não só com os parlamentares estaduais, mas também com representantes da bancada federal; com autoridades do setor aeronáutico e empresários. A audiência pública” lembra o presidente da Fiero, “foi solicitação da Federação ao presidente da Assembleia, deputado Maurão de Carvalho, que imediatamente nos apoiou”. O alfandegamento do aeroporto Jorge Teixeira de Oliveira é  um importante mecanismo para o desenvolvimento econômico e social de Rondônia e, consequentemente, da região, sublinhou Thomé.

 

CADÊ A POLÍCIA?

A violência tomou conta da região próximo ao Porto Velho Shopping. Vários assaltos são registrados todas as semanas. Só na última sexta, em questão de duas horas, dois ataques foram registrados. Um deles, em plena luz do dia, dois homens numa moto preta, usando capacete que impede a identificação (que a lei faculta para que bandidos usem, exatamente para não serem reconhecidos), atacaram um casal na saída do banco Itau. O casal fugiu e o assalto foi frustrado. No outro, um bandido derrubou uma menina da garupa de um mototáxi, tentando assaltá-la. Foi pego por várias pessoas que assistiram ao crime e levou uma  tremenda surra. Durante essas ocorrências, não se viu um só policial na área. Lamentável!

 

PERGUNTINHA

De quem é a culpa pela morte de um menino de 10 anos, contumaz assaltante e ladrão, detido várias vezes e agora morto pela PM depois da criança atirar e matar um policial?

 

 

 

 

 

Banner de Divulgação 15

Sérgio Pires 05/06/2016

MAIS DE TRÊS MIL POLICIAIS FORAM ASSASSINADOS EM CINCO ANOS

Um levantamento feito pela BBC Brasil com os governos estaduais, mostrou que um policial foi assassinado para aproximadamente cada quatro bandidos mortos pela polícia no Brasil em 2013. De lá para cá, a criminalidade só cresceu no país. Aumentaram também os crimes de assassinatos e a vitimização de policiais. Nos últimos cinco anos, nada menos do que três mil representantes da lei foram mortos em serviço ou nas dezenas de emboscadas feitas por bandidos. Batemos o recorde negativo de crimes de morte em 2012, quando 56.227 brasileiros foram assassinados e em torno de 1.500 foram de gente da polícia. Em 2015, em 22 estados que deram informações sobre mortes de homens e mulheres das polícias civil e militar (incluindo aí dados de Rondônia),  316 foram mortos. Para o representante da Associação Nacional de Praças (Anaspra), Cabo Elisandro Lotin de Souza, “o problema é nacional, já que o Brasil inteiro vive hoje uma guerra civil não declarada, com a violência vitimando não só os jovens e adolescentes, em sua maioria negros e pobres, mas também policiais civis e militares”. Segundo ele, há  vários motivos para todas essas mortes, mas vaticina, mudando radicalmente o que sempre se pensava sobre o brasileiro pacífico: ”a sociedade  brasileira é muito violenta”.

A verdade é que, afora alguns idiotas ideológicos e a grande mídia demagógica, todos os brasileiros do bem acham que se não fosse a ação da polícia, estaríamos numa situação ainda pior. Mas se dependermos do nosso Congresso, do governo e de áreas do Judiciário e do Ministério Público, nada será feito para mudar esse quadro tenebroso e continuará o domínio do crime sobre o país, junto com a violência assombrosa. Os discursos, lamentavelmente, ainda são em defesa dos direitos dos criminosos e nunca de suas vítimas. Desse jeito, não tem jeito!

 

 

PRIMEIRO NOME

Faltam apenas os prazos legais. O primeiro pré candidato que teve seu nome confirmado por seu partido, na disputa pela Prefeitura de Porto Velho, já está pronto para lançar sua campanha na rua. O agora ex secretário de saúde do Estado, Williames Pimentel, que deixou o cargo para poder concorrer em novembro, foi lançado numa grande reunião de peemedebistas e elogiado em discursos e homenagens. Filho de Porto Velho, ele chega para a campanha com apoio incondicional de todos os caciques do partido e da base do diretório da Capital. Falta agora o Palácio do Governo entrar de sola na campanha. Por enquanto, o governador Confúcio Moura ainda está ao lado de Mauro Nazif, que é candidato à reeleição.

 

SEGUNDA INSTÂNCIA

Problema sério para o ex prefeito Roberto Sobrinho, pré candidato do PT à Prefeitura e que está aparecendo com destaque em todas as pesquisas sérias: sua condenação em segunda instância, pelo Tribunal de Justiça do Estado, o coloca como ficha suja, ou seja, com os direitos políticos cassados por seis anos. Caso seus advogados não consigam derrubar essa decisão em instância superior, até o período de registro das candidaturas, Sobrinho estará fora do páreo. O mesmo caso ocorre com a ex deputada Epifânia Barbosa, também condenada em segunda instância, no mesmo processo. Pela lei eleitoral de hoje, ambos estão impedidos de disputar eleições até 2022.

 

A CULPA É DOS COXINHAS...

Nove advogados, dissidentes da atual diretoria da OAB, criaram um factoide: entraram com uma ação na Justiça, pedindo que sejam consideradas lesivas ao país e ilegais as nomeações dos ministros do governo Temer, legitimamente ocupando o comando da Nação, dentro de todos os trâmites constitucionais. Uma pena mesmo que advogados renomados e respeitados se sujeitem a essas pequenas aberrações, fazendo de conta que o desastre petista no poder é apenas invenção dos “coxinhas”. Assinaram a ação os advogados Ernande Segismundo, Valetin Raduan Miguel Daniele Ribeiro, Sandra Maria Guerreiro, Ana Duarte, Walter Lemos, Indiele Moura e Thiago Miranda. A direção da OAB rondoniense não apoia a iniciativa.

 

AEROPORTO INTERNACIONAL

Audiência pública das mais importantes está agendada para essa segunda-feira, a patir das 15 horas, na Assembleia Legislativa. O debate será sobrea internacionalização do aeroporto Jorge Teixeira e foi proposta pela Federação da Indústrias, a Fiero. O presidente Marcelo Thomé quer debater o assunto não só com os parlamentares estaduais, mas também com representantes da bancada federal; com autoridades do setor aeronáutico e empresários. A audiência pública” lembra o presidente da Fiero, “foi solicitação da Federação ao presidente da Assembleia, deputado Maurão de Carvalho, que imediatamente nos apoiou”. O alfandegamento do aeroporto Jorge Teixeira de Oliveira é  um importante mecanismo para o desenvolvimento econômico e social de Rondônia e, consequentemente, da região, sublinhou Thomé.

 

CADÊ A POLÍCIA?

A violência tomou conta da região próximo ao Porto Velho Shopping. Vários assaltos são registrados todas as semanas. Só na última sexta, em questão de duas horas, dois ataques foram registrados. Um deles, em plena luz do dia, dois homens numa moto preta, usando capacete que impede a identificação (que a lei faculta para que bandidos usem, exatamente para não serem reconhecidos), atacaram um casal na saída do banco Itau. O casal fugiu e o assalto foi frustrado. No outro, um bandido derrubou uma menina da garupa de um mototáxi, tentando assaltá-la. Foi pego por várias pessoas que assistiram ao crime e levou uma  tremenda surra. Durante essas ocorrências, não se viu um só policial na área. Lamentável!

 

PERGUNTINHA

De quem é a culpa pela morte de um menino de 10 anos, contumaz assaltante e ladrão, detido várias vezes e agora morto pela PM depois da criança atirar e matar um policial?

 

 

 

 

Banner de Divulgação 16

Sérgio Pires 04/06/2016

BOATOS E INVENCIONICES NÃO MUDAM A REALIDADE: DILMA NÃO VOLTA!

Há quem imagine que com boatos, pitadas de imaginação e invencionices, pode-se mudar a realidade. Os exemplos estão aí, aos montes. No caso do impeachment da Presidente afastada, parte de seus seguidores (cada vez menos), vivendo no desespero de terem perdido a boquinha e a chave do cofre do dinheiro público e, ainda, alguns verdadeiramente apaixonados ideológicos, todos os dias tentam plantar uma novidade, que apontaria para a volta dela ao poder. Mesmo sabendo que isso não vai acontecer nem que a vaca tussa (usando uma expressão da própria Dilma, na campanha eleitoral), esse pessoal faz de conta que não sabe que a grande maioria quer ver mesmo tanto sua ex Presidente quanto o partido dela, a alguns anos luz de distância do nosso país. A última piada, nesse contexto, é de que “vários” senadores estariam pensando em mudar seu voto e optar pela volta de Dilma. São dois os nomes mais citados, entre muitos: o de Romário e o do rondoniense Acir Gurgacz. Não adiantam desmentidos dos dois, incluindo uma nota oficial de Gurgacz, negando qualquer  decisão de apoiar Dilma. A mídia de blogueiros e jornalistas ligados ao PT e que receberam milhões de reais do dinheiro público, ajudam a espalhar a boataria. Lutam, com todas as armas, incluindo a invenção e a mentira, para não perderem a grana que jorrou para eles no governo petista.

Dilma está fora do governo e não voltará a ele, não importa o que digam ou façam os que sabem o que vai acontecer a eles (investigação, devolução de dinheiro recebido ilegalmente, cadeia e etc...), quando o tapete for todo levantado. Além dos partidários petistas e alguns poucos aliados, nenhum senador terá coragem de apoiar um governo putrefato, que quase destruiu o país. Não importa o que inventem, escrevam ou vociferem os que têm medo do perigo real que correm, quando o Brasil não pertencer mais a eles: Dona Dilma está fora e não volta mais. Ainda bem!

 

 

SUJEIRA E DESRESPEITO

O Espaço Alternativo continua merecendo duras críticas, embora, principalmente nos finais de semana, ainda usado por milhares de pessoas. Primeiro, porque nunca fica pronto. Depois, pela falta de segurança em vários horários. Em seguida, pela sujeira que toma conta do local, com lixo, cocô de cachorro, fraldas descartáveis e garrafas de bebidas jogadas naquele local, o transformando numa espécie de lixão da cidade. Os frequentadores, no geral, ainda cuidam. Mas é nas madrugadas que os vagabundos, bêbados, drogados, prostitutas e gente da pior espécie tomam conta do local. Como não há polícia para tirar essa marginália das ruas, eles continuam fazendo o que querem. Socorro!

 

DESEMPREGO NA CAPITAL

Por falar em Espaço Alternativo: a promessa do reinício das obras pra breve, voltou ao noticiário. Junto com outra constatação muito negativa: o desemprego chegou com tudo a Porto Velho.O DER vai contratar 39 profissionais (pedreiros, carpinteiros, serviços gerais e outros), num regime de emergência e por apenas seis meses. Nos dois primeiros dias, nada menos do que 3.900 ( isso mesmo!) trabalhadores correram para tentar um dos postos. Ou seja, 100 candidatos para cada vaga. A fila imensa no local de inscrição mostrou a verdadeira face da crise, que atinge nesse momento principalmente o setor da construção civil, que está em baixa e onde é contratada a maior parte da mão de obra não especializada. As inscrições para as poucas vagas do DER continuam na próxima semana.

 

DEIXA COMO ESTÁ!

Pela enésima vez, as forças de segurança fizeram uma operação para retirada dos garimpeiros de ouro do rio Madeira. Parece brincadeira. Gastam-se pesados recursos públicos, deslocam-se pessoal que poderia estar policiando a cidade em locais onde a criminalidade domina; investe-se pesado para divulgação na mídia da “ação de combate ao garimpo ilegal”; faz-se um carnaval e...no outro dia da operação, todos estão de volta aos mesmos lugares e fazendo as mesmas coisas. Para que perder tempo, se a legislação permite que os presos hoje estejam rindo da czra de quem os prendeu amanhã de manhã? A coluna dá um conselho aos órgãos dee segurança: mão percam seu tempoi com essas bobagens. A legislação está ao lado de quem comete crimes, inclusive ambientais. Então, deixa assim que é melhor!  (Pedimos desculpa pela ironia!)

 

CINCO ANOS DEPOIS...

No final da tarde dessa sexta, o prefeito Mauro Nazif assinou o decreto que aumenta o valor das tarifas de ônibus na Capital, terminando com um longo período superior a cinco anos com o mesmo valor da passagem. Foi na 25ª hora, até porque os empresários do consórcio SIM já estavam ensaiando um protesto contra a indecisão sobre o assunto. O consórcio anterior, do SET, trabalhou mais de 60 meses sem um só centavo de  aumento das tarifas, mesmo com os constantes reajustes de todos os produtos necessários à manutenção da frota e salários dos funcionários.  O consórcio SIM conseguiu o reajuste em pouco mais de seis meses. A passagem na roleta passará a 3 reais e as compras com cartão especial, serão vendidas a 2,90.

 

GIGANTES DA PÁTRIA

O advogado Max Rolim, um dos líderes do Movimento Gigantes da Pátria, a versão rondoniense do Movimento Brasil Livre, é o entrevistado do programa Direto ao Ponto, que vai ao ar nesse sábado, a partir das 13h15, na SICTV, a Record em Rondônia. Max fala sobre os resultados do movimento, da emoção de ver uma multidão com camisas verde e amarelos e bandeiras brasileiras, nos grandes protestos em Porto Velho e diz o que se pode fazer para melhorar o país. Numa conversa com Sérgio Pires , ele fala sobre a importância do momento para que haja uma mudança geral no Brasil e sobre muitas outras questões importantes.

 

PERGUNTINHA

Quem será responsabilizado pelos mais de 2 milhões e 600 mil casos de recebimento ilegal do Bolsa Família, no país?

 

 

 

 

Banner de Divulgação 17

Sérgio Pires 02/06/2016

NADA DE COMEMORAR AINDA: O CARA DO CRACHÁ PODE PARAR TUDO!

Não se sabe se agora o trabalho andará mesmo, porque a qualquer momento, uma dessas autoridades que se acham grande coisa e que não estão nem aí para a população, desde que a burocracia, mesmo burra, seja rigorosamente cumprida, determine o contrário. Mas há um clima de otimismo no Governo e no DER, para que, enfim, sejam retomadas as obras do Espaço Alternativo e que elas sejam entregues até o final do ano. Porto Velho não tem tido sorte nessa questão das obras. Primeiro, porque a maioria delas é paralisada  até por firulas e briga de beleza entre entidades, instituições, departamentos.  São decisões que nunca colocam a coletividade em primeiro plano. Seguindo às vezes uma legislação estrábica e burra, representantes de organismos públicos, quando querem, encontram chifre em cabeça de  cavalo, para terem ao menos alguns momentos de fama, não importa o que isso custe ao erário. Gente que inventa problemas depois que a obra já está quase pronta ou que faz exigências que sabe que não podem ser cumpridas, quer mesmo mostrar quem manda. Nós sabemos. São eles, infelizmente.  Já basta o que nossos governantes fazem conosco – e geralmente contra nós – instituições e entidades que deveriam priorizar os interesses da maioria das comunidades, estão é preocupadas com o próprio umbigo.

Claro que ninguém gosta de ouvir ou ler essas críticas. Todos se dizem embasados na lei e em interesses maiores. Enganam-se. E eles sabem disso! Por bobagens, embargam obras. Por causa da corrupção, ao invés de mandarem prender os responsáveis, tiram da população o direito de usufruir da obra pública. Procuram ninho de cavalo voador, porque para eles, nada há de mais importante do que suas crenças e aquilo que defendem.  O Espaço Alternativo, do jeito que está, é uma espécie de monumento a tudo isso. Então, nunca se pode comemorar. Há sempre alguém de crachá que ainda não apareceu e que pode querer tirar sua casquinha. Daí, para tudo de novo!

 

 

 

AS FICHAS DO PMDB

Williames Pimentel deixou a Secretaria de Saúde. É agora o nome do PMDB para a disputa pela Prefeitura. Todo o mundo já sabia, mas a oficialização se deu essa semana, quando Luis Eduardo Maiorquin assumiu a titularidade. Pimentel é ainda pré candidato, mas apenas para cumprir as formalidades da legislação eleitoral. Nas redes sociais, já fala em planos, projetos e anuncia que quer mudar Porto Velho para muito melhor. O PMDB aposta todas as suas fichas nele, que embora não tenha ainda experiência das urnas, é reconhecido como um excelente administrador, responsável por mudanças positivas importantes na saúde pública municipal e estadual. O tempo agora está correndo e em breve a eleição para a Prefeitura da Capital entra na pauta, com tudo. Pimentel já está nela.

 

BOB E GARÇON

Que ninguém subestime Roberto Sobrinho! O ex prefeito da Capital tem aparecido em todas as pesquisas sérias, entre os primeiros nomes para a corrida pela Prefeitura, nesse ano. Há quem diga que se ele não fosse do PT, que está em queda vertiginosa perante o eleitorado, poderia até estar numa situação muito melhor. Surpreendente também é a situação do deputado federal Lindomar Garçon, que recém trocou o PMDB pelo PRB, onde assumiu a presidência. Ele continua sendo cotado como nome de ponta entre a dezena de pré candidatos na Capital. Mauro Nazif, o atual prefeito, continua com dificuldades nas pesquisas. Em todas elas, contudo, é Mariana Carvalho quem lidera. 

 

CASSOL E A INJUSTIÇA

O Supremo ainda não tomou a decisão definitiva sobre o caso envolvendo o senador Ivo Cassol. Seus últimos recursos ainda estão sendo analisados e o ministro Dias Tófoli pediu vistas, para analisar mais profundamente o caso.  Cassol foi condenado num caso em que teria havido irregularidades. Só que os próprios ministros reconheceram que as obras foram executadas, quando ele era prefeito de Rolim de Moura e que não houve desvio de um só centavo do dinheiro público. A condenação foi porque não ter sido cumprida a burocracia exigida por lei. Poderia merecer multa e outras sanções, mas a pena de mais de quatro anos de prisão é algo absurdo. Mesmo assim, ainda não se sabe como será o final dessa história.

 

AGORA TEM LEI!

Alguns poucos desocupados, liderados por mamadores das tetas do dinheiro público, que não aceitam perder a boquinha, se fazem de vítimas, invadem prédios públicos, desafiam as leis e as autoridades e se dizem “representantes do povo brasileiro”, promovendo  baderna e esculhambação. Quando o PT era governo, não existia lei, ao menos para essa gente. Agora, parece que há. Nessa semana, a PM reagiu, como a polícia deve reagir, quando a legalidade não é respeitada. Desceu o cassetete nos malandros e os expulsou do prédio da Presidência em São Paulo, que tinham invadido. Só isso já merece aplausos – de pé! – porque a lei agora vale para todos. E  vagabundos são tratados como vagabundos.

 

TEMER E O BANDIDO

O lado sujo da moeda foi o fato do Presidente da República ter recebido, em seu gabinete, um bandido condenado. Levado pelo deputado Paulinho da Força Sindical, o criminoso José Rainha foi apresentar sugestões a Temer, que, a partir desse exemplo, terá que receber qualquer bandido que lhe peça audiência. Ao menos para dar o mesmo tratamento. Por ser invasor de terras, condenado por assassinato, reincidente e perigoso, a visita do meliante Rainha ao Presidente causou duras críticas de aliados ao governo. Espera-se que Temer não agende uma visita de Fernandinho Beira Mar, para discutir a situação dos presídios brasileiros!

 

PERGUNTINHA

Não está na hora do governo Michel Temer começar a avaliar mudanças profundas na legislação que protege bandidos,, para transformá-la em defensora das pessoas do bem?

 

 

 

 

 

Banner de Divulgação 18

Sérgio Pires 01/06/2016

SEM REAJUSTE, CONSÓRCIO DOS ÔNIBUS NA CAPITAL FICA A PERIGO

A semana que está terminando, pode ser decisiva para o sistema de transporte coletivo em Porto Velho. Esperando um reajuste das tarifas desde o primeiro mês em que atua na Capital, o comando do consórcio tem afirmado que cumpriu todas as exigências, mas que, até agora, a Prefeitura  não cumpriu as suas, principalmente a que considera mais importante: o reajuste das tarifas. Apesar de ter anunciado várias vezes que autorizaria 3 reais na tarifa paga nas catracas e 2,90 para estudantes e para o cartão com descontos, Mauro Nazif ainda não deu o OK. Faltaria uma posição da Procuradoria do Município. Fontes confiáveis dizem que  o novo consórcio não está suportando os custos. Além disso, o sindicato dos motoristas e cobradores está prestes a realizar seu dissídio e vai exigir um reajuste de 11 por cento nos salários. Como cumprir todas as exigências, reajustar salários e manter o sistema funcionando corretamente, com o mesmo preço de cinco anos? Foi, aliás, essa conjuntura que acabou causando uma cisão entre a administração Nazif e o consórcio SET, que fazia o transporte coletivo durante mais de 25 anos, dos quais cinco com tarifas congeladas. Mesmo com todos os demais custos – manutenção, combustível, salários e outros – tendo aumentado consideravelmente nesse período.

Já há quem defenda, dentro do consórcio, que se a Prefeitura não cumprir sua parte e não autorizar imediatamente o reajuste das passagens, que se comece a pensar em desistir do sistema em Porto Velho. Por enquanto, essa posição é minoritária dentro do contexto, mas tem se fortalecido porque representantes do SIM  dizem que o consorcio não está conseguindo manter o serviço, com a qualidade exigida e cumprir todos os seus compromissos, sem aumento de tarifas. O caso é greve e pode causar  prejuízos aos usuários. A corda está esticada!

 

 

 IDIOTAS A POSTOS

 Ainda dentro do mesmo tema: a empresa formada para realizar o transporte em Porto Velho tem recebido várias ameaças, algumas veladas, outras de fontes bem conhecidas, avisando que estudantes vão queimar ônibus, caso haja reajuste das tarifas. No geral, são semianalfabetos, que vão à escola e não conseguem nem criar uma frase em que sujeito, verbo e objeto direto concordem. Mas que são perigosos, sim, principalmente porque há uma briga de beleza entre as oito (isso mesmo, oito!) entidades que representam os estudantes na Capital. As autoridades policiais já estão avisadas e em alerta, para impedir que alguns mais afoitos, como aqueles que conseguiram escrever OUSAR com “Z”,  cometa um ato desses.

 

 DESPREPARADOS ATIRAM

Um caso complicado, em que três pessoas inocentes ficaram feridas, está sendo investigado pela Polícia Civil e pela Corregedoria da Polícia Militar. Demonstra muito bem o despreparo de alguns policiais, com o uso de suas armas. Resumidamente: um PM fora de serviço, acompanhado de sua namorada e outra jovem, inventou de fazer uma brincadeira, na madrugada do feriado de Corpus Cristi. Fez vários disparos contra o muro do Clube Ipiranga, próximo ao centro de Porto Velho. Ali perto, outros PMs que estavam próximos a uma boate, sem saber quem era o atirador, saíram atrás dele, disparando vários tiros. As duas jovens ficaram feridas, uma delas inclusive com duas balas ainda alojadas no corpo. E um trabalhador, que saía de casa realizar um serviço em pleno feriado, levou um tiro de ponto40, que raspou no seu peito. Parece inacreditável, mas, infelizmente, é verdade.

 

FESTIVAL DE OPORTUNIDADES

Um grupo de aproximadamente 60 empresários - entre eles dos setores de imóveis, construção civil, móveis planejados e veículos  - conheceu as potencialidades do mercado de Porto Velho e as projeções de negócios esperados durante a realização do Festival de Oportunidades Caixa Federal, que acontece de 17 a 19 deste mês, no Sesi da avenida Rio de Janeiro, em Porto Velho.  O superintendente regional em exercício da Caixa, Bruce Guerra, demonstrou em números que o evento reúne todas as condições para ser um grande sucesso quanto ao volume de negócios que pode superar 250 milhões de reais. Renegociação de dívidas com grandes descontos, financiamentos de imóveis e veículos e vários outros grandes negócios serão realizados durante o evento.

 

TRAIRAGEM ÉPICA

Trairagem e rasteiras na políticas são comuns, embora ainda há quem defenda que sentimentos e ações como gratidão e respeito é que deveriam nortear a vida dos homens (e mulheres) que atuam nesse campo minado. A jornalista Ivonete Gomes, do site Rondoniagora, tratou desse assunto, essa semana, com propriedade, comentando o caso que envolve o deputado federal Marcos Rogério, hoje no DEM e a família Gurgacz. “Considero uma das maiores trairagens da política rondoniense, que já vi ao longo de 24 anos de jornalismo”, escreveu ela, sobre como o parlamentar ignorou suas raízes, deu um chega prá lá nos seus amigos e hoje parece ser “o cara”, que teria chegado apenas pelos próprios méritos onde chegou.

 

INGRATIDÃO

Ivonete não usa meias palavras: “vejo o deputado Marcos Rogério com tanta empáfia, soberba, arrogância, dando entrevistas para a imprensa nacional e lembro que ele é um cara que nasceu virado pra Lua. E Lua cheia! Ganhou dois mandatos de deputado federal às custas do Acir Gurgacz e agora desce o sarrafo no cara, onde quer que vá. Não tenho intimidade, nem nada contra ou a favor, com nenhum dos dois. Mas jamais votaria em alguém com falha de caráter tão grande: a ingratidão!”. Alô, dona Ivonete: onde é que a gente assina embaixo?

 

PERGUNTINHAS

Há ilegalidade no fato do presidente Michel Temer ter passado imóveis no valor de 2 milhões de reais em nome do seu filho de sete anos? Há ilegalidade no fato do filho do presidente Lula ter recebido 10 milhões de reais sem ter prestado o serviço?

 

 

 

 

Banner de Divulgação 19

Sérgio Pires 31/05/2016

PRECISAMOS DE RESPOSTAS DECENTES PARA MUITAS PERGUNTAS

Os bandidos tomam conta do Brasil.  Também de dentro das cadeias, usando celulares que lhes chegam facilmente às mãos, comandam o crime; ligam para pais de famílias exigindo resgate por seus filhos sequestrados (o desespero da “vítima” deixa o pai em estado de choque e há quem caia nesse terrível golpe); quem manda  são os criminosos. E ainda, para desespero da sociedade, grande parte dos Congressistas, do Ministério Público e boa parcela do Judiciário ,ainda acha que eles têm que ser tratados “como seres humanos”, embora a maioria deles tenha  tratado suas vítimas com crueldade e agido como animais. O que mais impressiona é que nada afeta essa doença ideológica. Nem os mais de 50 mil assassinatos por ano. Nem os milhares de feridos, alguns para sempre incapacitados. Nem os milhões de traumatizados. Nada os toca. No Congresso, muito pouco se faz para tentar dar um grito de basta à essa aberração social, que está destruindo nosso país. O sangue toma conta das cidades e das estradas (outros 45 mil mortos anualmente no trânsito), mas os grandes temas nacionais são os feriados da semana que vem; o aumento para o funcionalismo, a contratação de mais amigos dos amigos.

Que gente é essa, a quem entregamos nossos destinos? Que tipo de governantes e homens públicos queremos? Os que defendem  com  unhas e dentes as pessoas de bem ou os que vivem discursando em torno dos direitos dos criminosos? Por que há direitos humanos para bandido e nunca para as vítimas? Até quando vamos aceitar passivamente isso, vendo nossos entes queridos sendo dizimados, enquanto os criminosos usam celulares para continuar mandando nas nossas vidas? Quem tiver alguma resposta decente para essas perguntas, que se apresente para comandar nosso país. Porque, do jeito que está, ficaremos cada vez mais à mercê do crime e dos defensores dos criminosos!

 

 

 

CINCO MILHÕES

Crise? Que crise? Para alguns empresários do agronegócio de Rondônia, essa palavra ainda está distante, usada apenas em outras regiões do país ou no dicionário. Porque para quem produz e está expandindo seus negócios, a crise passa longe, nessa terra onde quase tudo dá certo, desde que o trabalho seja feito com dedicação e seriedade. Um exemplo é o pesado investimento feito por alguns produtores, na compra de equipamentos de última geração, durante a Rondônia Rural Show, na semana passada. Foram vendidas cinco colheitadeiras CASE, ao custo de 1 milhão de reais cada uma. Ou seja, apenas em quatro dias e apenas uma empresa, faturou 5 milhões de reais. Não é de se comemorar?

 

SABEM DE COR

O governo do Estado está contando com números da ONU, para acreditar que o policiamento em Porto Velho vá ajudar a reduzir drasticamente a criminalidade. Com o novo contingente de PMs, a Capital terá 300 policiais por habitante. A ONU diz que o número ideal é de 400 policiais por habitante. Ou seja, a situação local estaria muito melhor do que as exigências internacionais. Se isso vai mesmo reduzir os assustadores números da criminalidade, ainda não se sabe. Há quem considere que pode até haver um policial para cada habitante, mas se as leis não forem mudadas, acabando com a impunidade, nada vai resolver. Os  bandidos sabem de cor o Código Penal e e todos os seus direitos. Geralmente, entram por uma porta da delegacia e saem pela outra...

 

O POVO EM SILÊNCIO

A cinco meses da eleição municipal, poucas vezes se viu a população tão distante dos debates relacionados com os nomes que estarão na disputa, principalmente em Porto Velho, onde as discussões políticas são intensas, normalmente. Até agora, pouco se ouve nos restaurantes, nos bares, nos pontos de encontro. Com exceção de órgãos públicos, onde geralmente há tempo para longos papos sobre política, durante o expediente, quase não se ouve falar que haverá eleição em 2 de outubro. A propaganda eleitoral gratuita, nesse ano, terá apenas 45 dias, um mês e meio para que o eleitor possa ouvir as propostas dos candidatos e escolher aquele que considera que será o melhor nome para comandar a cidade.  Haverá cerca de 10 candidaturas, cinco delas com chances reais.

 

OS ”MAMA-TETAS”

Quando dona Dilma e o PT estavam no governo, os desocupados estavam ocupados em deixar tudo como estava, não importando o desgoverno e a roubalheira; a incompetência e a destruição do país. Agora, quando se tenta salvar a Nação, os “mama-tetas”; os que ganhavam milhões de um governo aparelhado, muitos sem trabalhar, se revoltam, gritam “fora Temer!”, querem de volta a mamata. Em vários pontos do Brasil, meia dúzia de malandros, portando faixas e querendo ser donos do Brasil, ocupam prédios pub licos, “exigindo” isso e aquilo. Não estão pedindo a prisão dos “cumpanheiros” ladrões. Isso, de jeito nenhum!

 

SÓ A PONTA DO TAPETE

 Fácil de se entender essa revolta toda! Quando começam a aparecer bandalheiras, como o rombo de 170 bilhões de reais nas contas públicas; o custo de 1 bilhão para alguns apaniguados, formadores de opinião que encheram os bolsos na TV Brasil e, ainda, desvios de 545 mil servidores públicos, que afanaram  milhões de reais do Bolsa Família, entende-se porque essa gente não quer mudanças. É bom que eles saibam: a ponta do tapete recém começou a ser levantado. Nemn 10 por cento da roubalheira foi descoberta. A podridão começou a aparecer e os que foram usados párea aparelhar o Estado, já andam desesperados. É bom que saibam: vem muito mais por aí!

 

PERGUNTINHA

Até quando as autoridades brasileiras, incluindo governo, Congresso, Ministério Público e Judiciário vão continuar ignorando a guerra dos bandidos contra as pessoas de bem, que eles, bandidos, estão ganhando de goleada?

 

 

 

 

 

Banner de Divulgação 20

Banners Direita

Divulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  ParceirosDivulgação de  Parceiros